Uma análise socio-histórica do “instante” cinemanovista

Wendell Marcel Alves da Costa

Resumo


Apresentamos neste artigo uma análise dos efeitos sociais, históricos e estéticos do movimento cinematográfico Cinema Novo no Brasil da década de 1960. Com isso, discutimos o contexto socio-histórico do “instante” cinemanovista a fim de atualizar o debate acerca da importância política e cultural que são os anos 60 para a cinematografia brasileira. Concluímos o artigo mostrando como o potencial estético do Cinema Novo urbano pode ser considerado como um elemento de permanência na elaboração de olhares fílmicos sobre a cidade brasileira nas obras da atualidade.


Palavras-chave


Cinema Novo, Permanência, Estética

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Wendell Marcel Alves da Costa