“Raça” e “miscigenação” no Brasil: os desafios e os dilemas das nossas relações raciais

Rômulo Santos de Almeida

Resumo


Este artigo tem por objetivo discutir certos limites e consequências sociológicas que giram em torno dos conceitos de “raça” e “miscigenação” para o estudo das relações raciais no Brasil. O arco de estudo escolhido começa com a problematização do conceito de “raça” e de suas implicações sociais e políticas. Em segundo lugar, tem-se como objetivo apresentar a contribuição de Gilberto Freyre (1900-1987) como principal intérprete da “miscigenação” brasileira, concepção que logo se reverberou na ideia da “democracia racial”. Em terceiro lugar, a discussão se concentra na desconstrução da “democracia racial” e na necessidade de pensar os desafios enfrentados no combate ao racismo.

Palavras-chave


“raça”; “miscigenação”; “democracia racial”; relações raciais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Rômulo Santos de Almeida