Em Marcha: maconha e a reversão de um estigma

Marcílio Dantas Brandão

Resumo


Este texto apresenta uma síntese da argumentação científica que, na primeira metade do século XX, levou a maconha a uma posição bastante estigmatizada no Brasil. Em seguida, o artigo ressalta a cruzada simbólica empreendida por militantes da Marcha da Maconha com o objetivo de afirmar que seria melhor regulamentar legalmente a produção, o comércio e o consumo desta substância e de seus derivados. Finalmente, são apresentados alguns dos principais argumentos que estes marchadores têm mobilizado em favor da reversão do estigma que atinge a planta e seus usuários.

Palavras-chave


maconha; estigma; Brasil; Marcha da Maconha

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Marcílio Dantas Brandão