Uso do Índice de Vegetação da Diferença Normalizada (IVDN) para Caracterização da Cobertura Vegetal da Região do Araripe Pernambucano

Ivan Ighour Silva Sá, Josiclêda Domiciano Galvíncio, Magna Soelma Beserra, Iêdo Bezerra Sá

Resumo


O presente trabalho foi realizado para a região do Araripe localizada no oeste de Pernambuco abrangendo os municípios de Araripina, Trindade, Bodocó e Ouricuri. Esta região apresenta importantes modificações em seu ambiente natural, principalmente ocasionadas pela remoção da cobertura vegetal nativa, muitas vezes resultante de desmatamento ilegal para a utilização da lenha como fonte energética nas indústrias gesseiras. Este trabalho buscou separar e quantificar a cobertura vegetal da região estudada a partir do Índice de Vegetação por Diferença Normalizada – IVDN estimado a partir de dados do sensor TM do LANDSAT 5 obtidos em 22 de janeiro de 2007. A fisionomia da vegetação de Contato entre Savana e Floresta Estacional que se encontra sobre a Chapada do Araripe foi quantificada em 1.010,54 km², enquanto a Savana Estépica Arborizada 2.125,33 km² e a Florestada em 684,83 km² que estão dispostas fora da Chapada. Observou-se também 3.118,32 km² da região estudada encontra-se com algum grau de intervenção do homem. O município de Trindade é o que possui maior área coberta por remanescente (69%) enquanto que Ouricuri a maior quantidade 1.254,41 km². Os municípios mais degradados são os de Araripina e Bodocó possuindo cerca de 51% de suas áreas antropizadas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5935/1984-2295.20080003



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License