Tendências Climáticas Observadas no Período Chuvoso no Sertão de Pernambuco (Observed Climate Trends in Rainy Season in the Sertão of Pernambuco)

Janaina Maria Oliveira de Assis, Romilson Ferreira da Silva, Wanderson Santos de Sousa, Ricardo Alexandre Irmão, Ana Mônica Correia

Resumo


O objeto de estudo desse trabalho é a mesorregião do Sertão de Pernambuco, a partir do qual foram selecionados doze municípios que abrangem todas as microrregiões do Sertão e apresentam uma boa distribuição espacial da área de estudo. Como metodologia, foram utilizados dados mensais de precipitação da quadra chuvosa do sertão pernambucano, que compreende os meses de janeiro a abril, do período de 1962 a 2012. Esses dados foram totalizados ano a ano, nos meses correspondentes acima, e, comparados entre si. Os resultados mostraram que o ano de 2012 se apresenta entre os menos chuvosos de toda a série, ficando entre o 1º e o 6° ano mais seco em todos os dez municípios, durante os 52 anos estudados. Os resultados mostram também que, na maioria dos dez municípios estudados, o total de precipitação do ano de 2012 foi menor do que em anos de El Niño, o que o classifica como um ano literalmente seco. Conclui-se, portanto, que o ano de 2012 já apresenta uma escassez hídrica, com os totais mensais de precipitação abaixo da média, fator esse que causa graves impactos à agricultura local e abastecimento de água, afetando dessa forma a saúde e qualidade de vida da população. Palavras-chave: precipitação, mudanças climáticas, semiárido. Observed Climate Trends in Rainy Season in the Sertão of Pernambuco

 

 

ABSTRACT

 

The study object of this work is the middle region of the backlands of Pernambuco, from which ten cities were selected covering all the regions of the Hinterland and have a good spatial distribution of the study area. The methodology we used monthly precipitation data of the block wet the interior of Pernambuco, which covers the months January to April, the period 1962-2012. These data were aggregated from year to year, in the corresponding months above and compared. The results showed that the year 2012 is presented among the least rainfall in the entire series, getting in between the 1st and 6th driest year in all ten counties, during the 52 years studied. The results also show that in most of the ten cities studied, the total rainfall of 2012 was lower than in El Niño years, which ranks as one year literally dry. It follows therefore that the year 2012 already has a water shortage, with total monthly rainfall below average, a factor that could cause serious impacts on local agriculture and water supply, thus affecting the health and quality of life population. Keywords: rainfall, climate change, semiarid.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v6.2.p211-222



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License