Análise das Classes de Cobertura Vegetal no Entorno do Açude Manoel Marcionílo, Taperoá-PB (Class Analysis of Vegetation Cover in Surrounding the Weir Manoel Marcionílo, Taperoá - PB)

André Aires de Farias, Miguel José da Silva, Telma Lucia Bezerra Alves, Marx Prestes Barbosa, João Miguel Moraes Neto

Resumo


Este trabalho objetivou identificar e analisar as diferentes classes de cobertura vegetal no entorno do açude Manoel Marcionilo para os anos de 1996 e 2010. As imagens utilizadas neste trabalho foram adquiridas a partir do catálogo de imagens do INPE (Instituto nacional de pesquisas espaciais). O critério de seleção das imagens baseou-se principalmente na quantidade e distribuição de nuvens, na área de estudo, as imagens TM (Thematic Mapper) Landsat-5 selecionadas foram com data de passagem de 11/02/1996 e 24/05/2010. O sistema utilizado para o processamento de informações georreferenciadas foi o SPRING. Na área de estudo predominam as classes de vegetação rala, rala + solo exposto e solo exposto, representando um valor de pouca cobertura e proteção do solo. As principais atividades que fizeram aumentar as áreas com vegetação rala, rala + solo exposto e solo exposto foram: agropecuária, extração de espécies florestais para serem utilizadas nas residências como fontes energéticas, para fabricar telhas/tijolos, além da implantação de loteamentos, da construção civil e a grande densidade demográfica, essas atividades tem provocado perdas de biodiversidade, desencadeado processos erosivos e provocado um grande assoreamento ao açude.

Palavras-chave


Classes de cobertura vegetal; Vegetação rala; Vegetação rala + solo exposto; Solo exposto.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v6.6.p1719-1732



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License