Uso do Sensoriamento Remoto na Detecção de Mudança na Microrregião de Montes Claros/MG (Use of Remote Sensing Change Detection in the Microregion of Montes Claros/MG)

César Vinícius Mendes Nery, Adriana Aparecida Moreira, Fernando Hiago Souza Fernandes, Rodrigo Praes Almeida

Resumo


O monitoramento das mudanças ambientais vem ganhando mais atenção mediante as pressões do desenvolvimento sustentável em bases ecologicamente corretas, visando o manejo dos ecossistemas e o envolvimento das comunidades inseridas. Neste contexto, a aplicação de técnicas de sensoriamento remoto vem sendo bastante utilizadas para a avaliação das alterações ocorridas sobre a superfície terrestre, em virtude do baixo custo e rapidez dos resultados. O objetivo deste trabalho é a detecção de mudanças na microrregião de Montes Claros entre os anos de 2007 e 2012. A metodologia consistiu na técnica de ACP, utilizando 12 cenas anuais do índice EVI do sensor Modis. Realizou-se o fatiamento da CP2 e a classificação das imagens do ano de 2007 e 2012 por meio do algoritmo SVM. Posteriormente obteve-se uma matriz de tabulação cruzada, onde foi realizada a análise das mudanças ocorridas na área de estudo. Os resultados mostraram que as áreas de degradação 2 apontada pela ACP se concentram principalmente no municípios de Juramento, Francisco Sá, Glaucilância, Montes Claros e Claro dos Poções. Ainda foi possível verificar que a classe pastagem apresentou um aumento perceptível durante o período analisado e em contrapartida a vegetação apresentou uma redução de área. Quanto aos ganhos e perdas foi possível verificar que a maior perda de área ocorreu na classe correspondente à vegetação com 5.471,85 Km2, sendo perdidos 91,87% (5.027,15 Km2) para áreas de pastagens, 5,36% (293,39 Km2). Quanto aos resultados da acurácia dos mapeamentos elaborados, estes se mostraram qualificados para realização de análises ambientais.

 

 

A B S T R A C T

The monitoring of environmental changes has been gaining more attention by the pressures of sustainable development on ecologically correct bases aiming at the ecosystem management and the involvement of the communities therein. In this context, the application of remote sensing has been widely used for the evaluation of changes on the Earth's surface, due to the low cost and promptness of results. The objective of this work is the detection of modifications occurred in the microregion of Montes Claros between the years 2007 and 2012. The methodology consisted of the ACP technique, by using 12 annual scenes from EVI index of a Modis sensor. Both the slicing of CP2 and the classification of images comprising the years from 2007 through 2012 were held by a SVM algorithm. Subsequently, a matrix of cross-tabulation was obtained, wherein the analysis of the changes in the studied area was performed. The results showed that the degradation of  2 areas pointed by the ACP were mainly concentrated in the municipalities of Juramento , Francisco Sá, Glaucilância, Montes Claros and Claro dos Poções.  In addition, it was possible to verify that pasture class reported a noticeable improvement over the analysis period whereas the vegetation class decreased in size. As for the gains and losses, it was possible to verify that the largest area of loss occurred in the class vegetation, namely, 5.471,85 Km², of which 91,87% (5.027,15 km²) were lost for pasture areas, that is, 5,36% (293,39 Km²). As for the accuracy of the results of the mappings thereof elaborated, these were proved qualified for environmental analyses.

 

Keywords: Principal Component Analysis, EVI, Cross Tabulation Matrix.

 


Palavras-chave


Análise por Componente Principal, EVI, Matriz de Tabulação Cruzada

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v7.1.p130-145



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License