Sazonalidade da Vegetação em Função do Regime Pluviométrico no Estado da Paraíba (Sazonality of the Vegetation as a Function of the Rainfall Regime in the Paraíba State)

Leandro Fontes Souza, Célia Campos Braga, Elder Guedes Santos, Roberta Evellyn Ribeiro, Pâmela Ribeiro Ávila

Resumo


O objetivo desse estudo é analisar a variabilidade média do índice de vegetação por diferença normalizada (IVDN) e compreender sua relação com o regime pluviométrico do estado da Paraíba durante o período de 2007 a 2009. Foram utilizados totais mensais de precipitação de 30 estações pluviométricas distribuídas no Estado, num total de cinco municípios em cada região homogênea de precipitação. Utilizaram-se composições mensais do IVDN obtidas a partir do sensor MODIS/Aqua para o mesmo período. A seguir, utilizou-se a técnica estatística dos mínimos quadrados para encontrar uma equação que melhor se ajustasse aos dados. Constatou-se que as regiões de menor variabilidade do IVDN apresentaram as melhores correlações (r) polinomiais do segundo grau entre o IVDN e a chuva para um nível de significância α = 0,01. Em todas as regiões as correlações foram superiores a 0,79. O menor erro padrão percentual da estimativa foi obtido na Zona da Mata e Litoral (8,79%) onde as chuvas são mais regulares com menor variabilidade do índice de vegetação. Nas demais regiões o erro percentual padrão da estimativa (EPPE) oscilou de 10,14 a 16,78%. O modelo polinomial de segundo grau foi utilizado para estimar o IVDN usando dados de precipitação do ano de 2005, o EPPE oscilou de 12,89 a 26,11% evidenciando que o modelo representa bem o comportamento do IVDN em função das chuvas.

 

ABSTRACT

This study aims to analyse the variability of the Normalized Deferential Vegetation Index mean (NDVI) and its relationship between to precipitation and NDVI index at Paraíba state during 2007-2009. The precipitation data are from 30 rain gauges spacially distributed at Paraíba region in a total of five county by homogeneous region, whereas the NDVI were inferred using the sensor MODIS on board the Aqua satellite. Was applied the method of least squares to find the relationship that best represents the behavior of NDVI depending on rainfall. Was found that regions with low variability of NDVI showed the best correlation (r) second degree polynomial between NDVI and rainfall for a significance level α=0.01. The analysis between precipitation and NDVI have a high correlation (r >0.79) for all regions evaluated. The lowest Standard Error Percentage of the Estimate was obtained at Coastal region (8.79%) where rains are more regular with less variability in the vegetation index. In the remaining areas of estimate (EPPE) percentage error ranged from 10.14 to 16.78%. The second degree polynomial model was used to estimate NDVI using rainfall data of 2005 and the EPPE ranged from 12.89 to 26.11% showing that the model represents well the behavior of NDVI depending on rainfall.

 

 


Palavras-chave


IVDN, precipitação, variabilidade, correlação polinomial de segundo grau

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v7.5.p905-914



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License