Pesquisas em serviços ecossistêmicos e ambientais na paisagem rural do Brasil (Ecosystem and environmental services researches in rural landscape in Brazil)

Rachel Bardy Prado, Elaine Cristina Cardoso Fidalgo, Joice Nunes Ferreira, Mônica Matoso Campanha, Lucília Maria Parrom-Vargas, Luciano Mansor de Mattos, Bernadete da Conceição Carvalho Gomes Pedreira, Joyce Maria Guimarães Monteiro, Ana Paula Dias Turetta, Alba Leonor da Silva Martins, Guilherme Kangussu Donagemma, Heitor Luiz da Costa Coutinho

Resumo


Pressões antrópicas sobre os ecossistemas causam degradação dos recursos naturais e redução da biodiversidade, com reflexos ao bem estar humano, demandando de forma crescente água, ar, fibras, alimentos, energia e matéria-prima. Em um cenário de alterações climáticas, portanto, a preocupação com este tema aponta para a compatibilização dos componentes econômicos, sociais e ambientais. Muitos foram os dados obtidos por instituições de pesquisa, ensino, governamentais e não governamentais acerca dos recursos naturais nas últimas décadas nos biomas brasileiros, mas sem um foco conceitual e metodológico voltado aos serviços ecossistêmicos. A partir da Avaliação Ecossistêmica do Milênio estão em ascensão pesquisas voltadas ao entendimento dos serviços ecossistêmicos e ambientais mundialmente, assim como no Brasil. A Embrapa também tem acompanhado esta tendência e desde 2014 conta com uma rede de pesquisa intitulada Arranjo em Serviços Ambientais na Paisagem Rural, com mais de 60 projetos vinculados. O propósito do presente artigo é apresentar o estado da arte da pesquisa sobre serviços ecossistêmicos e ambientais relacionados à agropecuária no Brasil, com destaque para o trabalho dessa rede; identificar as suas principais oportunidades e desafios e os resultados potenciais a serem obtidos para a ampliação dos serviços ambientais no meio rural.

ABSTRACT

Human pressures have caused degradation of natural resources and reduction of biodiversity on the planet, with serious consequences to humanity, which demands so increasing water, air, fibers, food, energy and raw material. It is needed to reconcile economic, social and environmental components in a scenario of climate change. Therefore, concern about this issue increases in all sectors of society. Many data were obtained about natural resources in recent decades in the Brazilian biomes, by research institutions, education, government and non-government, but without a conceptual and methodological focus turned to ecosystem services. From the Millennium Ecosystem Assessment researches aiming at understanding ecosystem and environmental services have been increased worldwide, as well as in Brazil. Embrapa has also followed this trend and in 2014 approved a Projects Arrangement entitled Environmental Services in Rural landscape with over 60 related projects. The purpose of this article is to present the state of the art of researches on ecosystem and environmental services related to agriculture in Brazil, especially at Embrapa SE network; to identify key opportunities and challenges of a research network on this subject and the potential results to be obtained for the expansion of environmental services in rural areas.


Palavras-chave


estudos ecossistêmicos, instrumentos de apoio à decisão, rede de pesquisa, arranjo de projetos SA

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v8.0.p610-622



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License