Circulações Locais Induzidas pela Topografia no Vale do Paraíba e na Serra da Mantiqueira: um estudo de caso para o período entre os dias 16 e 22 de agosto de 2010 (Local Circulations Produced by Topography in the Paraíba Valley and Mantiqueira...)

Bruno de Campos, Michelle Simões Reboita, Vanessa Silveira Barreto Carvalho, Cássia Dias

Resumo


Este estudo identificou e analisou o comportamento de circulações locais induzidas pela topografia no Vale do Paraíba e na Serra da Mantiqueira, entre os dias 16 e 22 de agosto de 2010, por meio de uma simulação numérica com o modelo WRF. O modelo foi dirigido com as saídas do GFS-FNL e a simulação validada com dados de estações meteorológicas. Os maiores valores de correlação entre simulação e observação foram obtidos para a temperatura do ar e menores para a intensidade e direção dos ventos. Mesmo assim, o WRF foi capaz de representar as mudanças no sentido do vento associadas à circulação de brisa vale e montanha. O modelo simulou durante o dia a brisa de vale e durante à noite, a brisa de montanha. A brisa de vale iniciou-se aproximadamente entre 10 UTC e 14 UTC e a de montanha às 22 UTC, sendo que a fase de transição entre a brisa de montanha para a de vale ocorreu entre as 16 e 20 UTC. Os resultados obtidos também são apresentados por meio de seções verticais das células de circulação de brisa. 

Palavras-chave


WRF; modelagem atmosférica; brisas de vale e de montanha

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v9.3.p753-765



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License