Aptidão Climática da Mamona (Ricinus communis L.) para o Estado da Paraíba (Climatic Aptitude for Castor Bean (Ricinus communis L.) in Paraíba State)

Paulo Roberto Megna Francisco, Djail Santos, Carlos Lamarque Guimarães, Danilo Ericksen Costa Cabral, Sandro Roberto Dias Araújo

Resumo


Este trabalho objetivou elaborar o mapeamento da aptidão climática para a cultura agrícola da mamona no estado da Paraíba, considerando a variabilidade natural do regime de chuvas, estabelecida em três cenários pluviométricos. Foram utilizados dados pluviométricos mensais de séries com vinte anos ou mais de observações. Para cada posto pluviométrico, foi estabelecido o total de precipitação registrado nos três meses consecutivos mais chuvosos de cada ano hidrológico. Os dados foram ajustados utilizando-se a distribuição gama incompleta e verificada a qualidade pelo teste de Kolmogorov-Smirnov ao nível de significância de 95%. O cálculo do índice de umidade foi elaborado pela equação do balanço hídrico climatológico utilizando os dados obtidos para capacidade de campo de armazenamento de água no solo de 100mm. Foi elaborado o cálculo de área para três cenários pluviométricos distintos, definidos como: seco, regular e chuvoso com probabilidade de chuvas de 25, 50 e 75%, respectivamente. Os dados foram espacializados e construídos mapas dos parâmetros climáticos foram utilizando krigeagem. Pode-se constatar que o índice padronizado de umidade e os elementos climáticos foram determinantes para a definição da aptidão climática da mamona no Estado da Paraíba; A utilização da krigeagem proporcionou resultados satisfatórios na geoespacialização dos dados obtidos; As áreas com aptidão Inapta por deficiência hídrica acentuada abrangeu parte da região do Agreste, Cariri, Curimataú e do Sertão; As áreas com aptidão Moderada por deficiência hídrica ocorreram na região do Sertão e em parte do Agreste e Brejo; A classe de aptidão Plena para a cultura da mamona ocorreu nas regiões do Agreste e Brejo e no Litoral; A classe de aptidão climática Moderada por excesso hídrico não foram identificadas no mapeamento da mamona.

 

 

Climatic Aptitude for Castor Bean (Ricinus communis L.) in Paraíba State

 

A B S T R A C T

This investigation mapped the climatic aptitude suitability for castor bean in the Paraiba State of Brazil, considering the natural variability of rainfall, established in three rainfall scenarios. Monthly rainfall data series with twenty or more years of observations were used. For each rainfall station, it was established the total rainfall recorded in the three consecutive months rainiest of each hydrological year. Data adjustments were made using the incomplete gamma distribution and checked for quality by the Kolmogorov-Smirnov test at 95% significance level. The calculation of the wetness index was prepared by climatic water balance equation using the data obtained for water storage field capacity on the ground 100mm.It was prepared the area calculation for the three different rainfall scenarios: drought, regular and rainy years, with rain probability of 25, 50 and 75%, respectively. Data were spatialized and climatic maps of climatic parameters have been made using kriging. Can observe that the standard index humidity and climatic elements were decisive for the definition of climate castor aptitude in the Paraíba. The use of kriging provided satisfactory results in geospatialization the data. Areas with inept aptitude by accentuated water deficit encompasses part of the Agreste region, Cariri, Curimataú and Sertão. Areas with moderate aptitude by water stress occur in do Sertão region and part of the Agreste and Brejo. The aptitude class for the Plena castor culture occur in regions of the Agreste and Brejo and Litoral. Class climate aptitude Moderated by excess water was not identified in the mapping of castor beans.

Keywords: Climatology, agricultural potential, rainfall scenario, probability.

 

 


Palavras-chave


Climatologia, aptidão agrícola, cenário pluviométrico, probabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v9.3.p737-752



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License