Espaço poroso em solos brasileiros usando tomografia computadorizada de raios-X (Porous space in Brazilian soils using X-ray computed tomography)

Larissa Fernandes Costa, Antonio Celso Dantas Antonino, Richard John Heck, Artur Paiva Coutinho, Rejane Magalhães de Mendonça Pimentel, Thiago Campos Vasconcelos, Cássia Bezerra Machado

Resumo


A porosidade é importante na determinação da qualidade de um solo, por possuir forte influência na aeração, na transferência de água/solutos/gases/calor, na resistência à penetração e ramificação de raízes, além do desenvolvimento de microorganismos. A avaliação do espaço poroso, considerando vazios intra e inter-agregados, em diferentes tipos de solo e suas implicações (vantagens/desvantagens) é objetivo deste estudo. Foi determinada a porosidade inter e intra-agregados em solos dos tipos Latossolo Vermelho Distrófico e NeossoloRegolíticoEutrófico. Para os intra-agregados foram classificados: o tamanho, a forma e a inclinação. A porosidade inter-agregados foi maior para o Neossolo; este é um comportamento esperado para um solo arenoso, quando comparado a um solo argiloso. Considerando a porosidade intra-agregados, destacou-se a predominância da inclinação horizontal, poros maiores e maior quantidade de poros complexos para o Neossolo. A aplicação de tomografia computadorizada de raios-x se mostrou eficiente na caracterização micromorfológica da porosidade do solo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v09.3.p692-706



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License