Potencial Pedoclimático do Estado da Paraíba para a Cultura do Algodão Herbáceo (Gossypium hirsutum) (Pedoclimatic potential of the Paraíba state to cultivation of cotton (Gossypium hirsutum))

Paulo Roberto Megna Francisco, DJAIL SANTOS, EDUARDO RODRIGUES VIANA DE LIMA, ZIANY NEIVA BRANDÃO

Resumo


Este trabalho objetivou avaliar o potencial pedoclimático do Estado da Paraíba para a cultura agrícola do algodão herbáceo. Na obtenção dos mapas de potencial pedoclimático, as informações obtidas do potencial dos solos foram cruzadas com aquelas da aptidão climática considerando três cenários pluviométricos: anos chuvosos, anos regulares e anos secos. O cruzamento das informações foi realizado por meio de técnicas de geoprocessamento utilizando o software SPRING e obtendo-se os mapas do potencial pedoclimático. O resultado das interpretações foi classificado em quatro classes: Muito Alto, Alto, Médio, Baixo e Muito Baixo. Os resultados demonstraram que a variabilidade pedológica e climática do Estado da Paraíba tem influenciado o potencial pedoclimático do Estado para a cultura do algodão herbáceo, tendo sido observadas diferenças significativas na extensão territorial das classes e subclasses de potencial pedoclimático. A extensão do potencial pedoclimático Alto e Médio apresentou significativo aumento em relação aos cenários seco e regular, com maior percentual de ocorrência para o cenário pluviométrico chuvoso. Não houve dados para a classe de potencial pedoclimático Muito Alto e dessa forma a mesma não foi mapeada neste trabalho. A área da classe Alta aumenta conforme cresce o cenário pluviométrico. A classe Média do potencial pedoclimático é ampliada em área conforme aumenta a probabilidade de chuvas. Na classe Baixa de potencial pedoclimático a diferença na mudança foi pouco significativa. Entre as subclasses do potencial Muito Baixo, foi observado aumento da área de acordo com o aumento da probabilidade de ocorrência de chuvas no Estado.

 

 

 

A B S T R A C T

The objective of this work was to evaluate the soil and climate potential for upland cotton in Paraiba state, Brazil. For obtaining pedoclimatic potential maps, the information obtained for soil potential were combined with that to climate ability considering three rainfall scenarios: wet years, dry years and regular years. Information crossing was carried out by techniques of geoprocessing using the SPRING software and maps of soil and climate potential were obtained. The interpretation results were classified into four pedoclimatic potential classes: Very High, High, Medium, Low and Very Low. The results showed that pedological and climate variability in Paraiba state have influenced the pedoclimatic potential of this state to the upland cotton, with significant differences observed in the territory for classes and subclasses of pedoclimatic potential. The extent of potential soil and climate High and Medium showed a significant increase over the dry and regular scenarios, with the highest percentage of occurrence for the rainy rainfall scenario. There was no data for the potential class Very High soil and climate and therefore the same has not been mapped in this work. High class area enlarges as the rainfall scenario increases. The mapped area for the Middle class showed enlargement with rainy probability increases. Little significant changes were observed for Low class of soil and climate potential. Among potential subclasses Very Low, were observed an area increase according rain probability was enlarging in the state.

Keywords: Geotechnology, land use planning, pedological potential, rain probability, climate aptitude.

 

 


Palavras-chave


Geotecnologias, planejamento de uso da terra, potencial pedológico, probabilidade de chuvas, aptidão climática.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v9.6.p2089-2103



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License