Síndromes de Dispersão de Espécies Vegetais no Cariri Paraibano (Seed dispersal syndromes of species occurring in the Cariri of Paraíba region)

Zelma Glebya Maciel Quirino, Vanessa Gabrielle Nobrega Gomes,

Resumo


O processo de dispersão de sementes é uma etapa importante no ciclo de vida das espécies vegetais, pois as sementes devem chegar a um local propício para germinar. O transporte de sementes para longe da planta-mãe pode ser mediado tanto por agentes abióticos quanto bióticos. Este estudo teve como objetivo avaliar aspectos morfológicos dos diásporos e determinar as síndromes de dispersão das espécies ocorrentes em uma área de Caatinga no Cariri paraibano, na Reserva Particular do Patrimônio Natural Fazenda Almas. Todas as espécies em frutificação de março de 2008 à fevereiro de 2009 tiveram diásporos coletados a cada dois meses. Após analisar características como consistência do fruto, deiscência, odor, cor, tamanho e peso foram determinadas as síndromes de dispersão para cada espécie. Foram coletados diásporos de 101 espécies distribuídas em 37 famílias. A síndrome de dispersão predominante foi a zoocoria com 44% (N = 45 espécies), seguida pela anemocoria 32% (N = 32) e autocoria 24% (N = 24). A predominância de frutos carnosos e com síndrome de dispersão por animais reforça a importância da manutenção destas espécies como fonte de recurso alimentar para a fauna local.

 

 

A B S T R A C T

The seed dispersal process is an important phase in a plant life cycle because the seeds must reach a suitable place to germinate. The dispersal of seeds away from the parent plant is usually mediated by abiotic or biotic agents. This study aimed to evaluate morphological aspects of diaspores and determine the seed dispersal syndromes of species occurring in the private reserve Almas Farm, an area located in the Caatinga of Cariri of the Paraíba state. We collected diaspores of the fruiting species every 2 months between March 2008 to February 2009. After morphological analysis, such as fruit consistency, dehiscence, odor, color, size and weight, the dispersal syndrome of each species was determined. We collected diaspores belonging to 101 species distributed in 37 families. Zoochory was the most abundant dispersal syndrome (44%, N = 45 species), followed by anemochory (32%; N = 32), and autochory (24%; N = 24). The predominance of animal-mediated seed dispersal reinforces the importance of fleshy fruits species as important resources for the local fauna.

Keywords: Caatinga, diaspores, fruiting, zoochory

 

 


Palavras-chave


Caatinga, diásporos, frutificação, zoocoria

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v9.4.p1157-1167



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License