Proposta metodológica para a análise de áreas verdes: adequações à legislação e à qualidade de vida urbana (Methodological proposal for green spaces analysis: adjustments to legislation and to the quality of urban life)

Nícolas Guerra Rodrigues Tão, Alexandre da Silva Faustino, Isabel Cristina Nunes de Sousa, Renata Bovo Peres, Luiz Eduardo Moschini

Resumo


As áreas verdes englobam locais públicos abertos, livres de construções ou coberturas impermeabilizantes (em pelo menos 70% da área), onde predominam características naturais que devem cumprir três funções principais - estética, ecológica-ambiental e de lazer e/ou esportivo. O presente trabalho visa propor um método para diagnosticar quanti-qualitativamente esses espaços em áreas urbanas. Para tal, foi utilizado como estudo de caso um conjunto de bairros do município de São Carlos (SP), no qual analisou-se o sistema de áreas verdes quanto a compatibilidade legal, a adequabilidade de área e distribuição no espaço e a qualificação quanto ao uso. Como resultado verificou-se que a área estudada possui grande deficiência de áreas verdes, tanto em quantidade quanto em qualidade, além de estarem inadequadamente distribuídas no espaço. Entende-se que é necessário que as políticas públicas existentes sejam aplicadas, pois as áreas abandonadas e invadidas poderiam estar sendo revertidas em benefício à qualidade de vida da população. Além disso, é necessário que se inclua nas políticas públicas mecanismos que exijam uma correta distribuição dessas áreas nos loteamentos e na cidade.

 

 

A B S T R A C T

The green spaces include open public places, free of buildings or waterproofing covers (at least 70% of the area), where the predominant natural features to fulfill three main functions - aesthetic, ecological-environmental and recreational and/or sports. This paper aims to propose a method to diagnose quantitative and qualitative those areas in medium-sized cities, using a set of neighborhoods in São Carlos (SP) as a case study, with verification of compliance with applicable legislation with a view to sound quality life of its urban population. As a result, it was found that the studied area in question has great deficiency of green spaces, both in quantity and quality, in addition to being improperly distributed in space. It is understood that is necessary that the existing public policies are applied because the abandoned and invaded areas could be being reversed for the benefit the population's quality of life. In addition, it is necessary to include in public policy mechanisms that require a correct distribution of these areas in the subdivision.

Keywords: Urban planning; Urban law; Public areas.

 

 

<w:

Palavras-chave


Planejamento urbano; Direito urbanístico; Áreas públicas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v9.6.p1910-1927



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License