Análise Sedimentológica da Plataforma Continental Interna Rasa da Praia de São José da Coroa Grande - Litoral Sul do Estado Pernambuco, Nordeste do Brasil (Sedimentological analysis of internal continental platform rasa beach of São José da Coroa...)

Eduardo Paes Barreto, Valdir do Amaral Vaz Manso, Maria das Neves Gregório, Carlos Fabrício Assunção da Silva, Bruno Ferreira,

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo caracterizar os sedimentos da Plataforma Interna Adjacente à praia de São José da Coroa Grande, litoral sul de Pernambuco, Nordeste do Brasil. A área de estudo é limitada a sul pelo Rio Persinunga que faz divisa com o estado de Alagoas e a norte pelo Rio Una, limite com o município de Barreiros. O levantamento sedimentológico foi distribuído em perfis paralelos à linha de costa no total de 48 amostras de sedimentos foram coletadas usando uma draga do tipo Van Veen e o posicionamento da embarcação foi realizado com o auxílio de um GPS (...) Garmin 520s. Em laboratório, as amostras foram analisadas quanto à granulometria, teor de carbonato de cálcio e composição biogênica. As amostras foram analisadas no Laboratório de Geologia e Geofísica Marinha – LGGM com a metodologia adotada pelo mesmo. O passo seguinte fez uso do software SYSGRAN para a classificação do sedimento segundo parâmetros estatísticos e granulométricos. Com os resultados adquiridos foram elaborados os parâmetros: diâmetromédio; grau de selecionamento dos grãos, curtose; e teor de carbonato. Os mapas revelaram a distribuição textural dos sedimentos na plataforma e a interpretação desses trouxe maior entendimento sobre a hidrodinâmica atuante na área, bem como, a influência dos Rios Persinunga e Una na dispersão e seleção dos sedimentos na área. A análise sedimentológica revelou que a plataforma continental é formada predominantemente por areia bioclástica, caracterizada por apresentar de 70% a 100% de areia e de 70% a 100% de CaCO3. Com relação à composição dos sedimentos, foi observada, na fração arenosa, a predominância de quartzo e bioclásticos (foraminíferos, gastrópodes, fragmentos de conchas e algas). O mapeamento da distribuição sedimentar permitiu observar que os sedimentos terrígenos predominam nas áreas mais rasas onde ocorreu maior aporte sedimentar diretamente relacionada à foz dos Rios Persinunga e Una, enquanto as maiores concentrações de sedimentos carbonáticos estão relacionadas com os recifes existentes na área. O estudo permitiu também deduzir que alguns processos que influenciam a sedimentação atual, estiveram ativos desde o início da transgressão holocênica. Tais resultados possibilitaram interpretações bastante concisos sobre a área estudada e servirão como ponto de partida para novas pesquisas e refinamento dos levantamentos realizados.   

A B S T R A C T

This paper aims at characterizing the sediments of the Internal Platform adjacent to Sao José da Coroa Grande beach, southern coast of Pernambuco state in the northeastern Brazil. The area is limited by the rivers Persinunga to the South, and the river Una to the North. The sedimentological categorization was distributed in profiles parallel to the coastline, totalizing 48 samples collected with a Van Veen dredge positioned with a GPS. In laboratory, the samples were analyzed regarding the granulometry, calcium carbonate and bioclasts. The samples analyzed at the Laboratory of Geology and Marine Geophysics – LGGM with our own methodology. The sedimentologic classification and the statistical and granulometric parameters were made with the software SYSGRAN: average diameter; degree of grain selection; kurtosis; and the carbonate content. The maps produced by this research unfolded the textural distribution of sediments on the platform as well as the influence of rivers in the dispersion and selection of sediments. The data showed that the continental platform is predominantly made of bioclastic sand, approximately 70% to 100% of sand and 70% to 100% of CaCO. The sandy portion has the predominance of quartz and bioclasts (foraminifera, gastropods, shells and algae). It was possible to verify that the terrigenous sediments predominate in the shallower areas where it occurs most of the sedimentary contribution directly related to the rivers’ mouth, while the biggest concentrations of carbonate sediments are related to the reefs. We conclude that some processes that influence the current sedimentation have been active since the beginning of the holocentric transgression. Although this study is not a finished product, it is useful for new researches and exploratory studies.

Keywords: processes, sediments, mapping, composition, carbonate

Palavras-chave


processos; sedimentos; mapeamento; composição; carbonato.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5935/1984-2295.20170014



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License