Sensoriamento remoto hyperspectral aplicado para análise dos indicadores de resiliência e suscetibilidade do bioma caatinga frente às mudanças climáticas (Hyperspectral remote sensing applied for analysis of the resilience indicators and biome caatinga susceptibility to climate change)

Viviane Pedroso Gomes, Josiclêda Domiciano Galvíncio, Magna Soelma Beserra Moura, Pedro dos Santos Ferreira, Rodrigo de Queiroga Miranda, Yenê Medeiros Paz

Resumo


A constante exploração da Caatinga para fins econômicos, pode ocasionar o agravamento do processo das mudanças climáticas. Diversos modelos climáticos aplicados para o Nordeste brasileiro indicam que a região deve ser uma das mais afetadas pelas alterações no clima. Os efeitos desse processo sobre a Caatinga ainda são incertos, sobretudo no que se refere ao funcionamento fisiológico da vegetação. Alguns estudos têm demonstrado ser possível obter a quantidade de carbono sequestrado da atmosfera através de estimativas da eficiência de uso da luz e componentes do balanço de energia. O objetivo deste estudo é caracterizar a resposta espectral da vegetação, em função do sequestro de carbono como indicadora de resiliência e suscetibilidade do bioma Caatinga frente às mudanças climáticas. Para esse trabalho foram medidos em campo, Índice de Área Foliar (IAF), medidas diretas de espectrorradiometria, temperatura do ar, do solo, da superfície da folha, umidade relativa do ar, clorofila A, B e Total. Através dos dados de espectrorradiometria foram gerados índices de vegetação, pigmentação e Assimilação líquida de carbono (NPP). Foram projetados cenários futuros das variáveis estimadas utilizando dados do modelo climático ETA, projetados até o ano de 2040. As variáveis projetadas indicaram uma tendência de aumento da temperatura, umidade e déficit de pressão de vapor favorecendo a assimilação de carbono pela vegetação. No entanto, o cenário projetado pelo modelo foi resultante de uma estimativa otimista, ou seja, as temperaturas médias globais para os anos analisados podem sofrer algum incremento e interferir o comportamento fisiológico das vegetações prejudicando a capacidade de resiliência.

 

 

 

 

A B S T R A C T

The constant degradation of the Caatinga for economic purposes, can cause the intensification of the process of climate change. Several climate models applied to the Brazilian Northeast indicate that the region should be one of the most affected by changes in climate. The effects of this process on Caatinga are still uncertain, especially with regard to the physiological functioning of the vegetation. Some studies have shown to be possible to obtain the amount of sequestered carbon from the atmosphere by estimating the light use efficiency and energy balance components. The goal of this study is to characterize the spectral response of the vegetation, depending on the carbon sequestration as an indicator of resilience and biome Caatinga susceptibility to climate change. For this study were measured in the field, leaf area index (LAI), direct measurements of spectroradiometry, air temperature, soil temperature and leaf surface temperature, relative humidity, chlorophyll A, B and Total. Through spectroradiometry data were generated vegetation indexes, pigmentation and  Net Primary Productivity (NPP). Future scenarios of the variables were estimated using the climate model data  ETA, designed until the year 2040. The variables designed indicated a trend of increasing temperature, humidity and vapor pressure deficit favoring carbon assimilation by vegetation. However, the scenario projected by the model was the result of an optimistic estimate, in other words, global average temperatures for the years analyzed may experience some increase and interfering the physiological performance of the vegetations damaging resilience.

Keywords: Caatinga, climate change, NPP, scenarios, ETA.

 

 


Palavras-chave


Caatinga; mudanças climáticas; NPP; cenários; ETA.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v09.4.p1122-1136



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License