Uma análise das florestas urbanas sob a perspectiva da ecologia da paisagem: Um estudo de caso no município do Guarujá-SP (An analysis of urban forests from perspective of landscape ecology: A case study in municipality of Guarujá-SP)

Renan Parmigiani, Davis Gruber Sansolo

Resumo


O crescimento das cidades é um dos fatores que vem isolando remanescentes de Mata Atlântica, ameaçando esse hotspot. Uma das formas de se mitigar esses impactos é com a criação de corredores ecológicos e aumento da permeabilidade da matriz. No entanto, poucos estudos avaliam a qualidade das florestas tropicais úmidas em áreas urbanas. O presente estudo visa avaliar a qualidade dos fragmentos de florestas no município do Guarujá (São Paulo, Brasil) sob a perspectiva da Ecologia da Paisagem. Com cenas do LandSat 8geoprocessadas no SPRING, os fragmentos de Floresta Ombrófila Densa (FOD) foram divididos em 3 classes de tamanho: pequeno; médio; e grande. Nos quais foram avaliados os seguintes parâmetros: área; forma; e conectividade. Os 92 fragmentos de FOD ocupam 33% da paisagem, valor acima do limiar de 30%, que é o mínimo para uma paisagem conciliar uso econômico e conservação biológica. O índice de forma demonstrou que os fragmentos da classe grande sofrem maior efeito de borda, no entanto por sua extensão possuem uma maior área núcleo. A análise da conectividade demonstrou que é possível formar uma rede que totaliza uma área de 3346 hectares de vegetação nativa e que muitos fragmentos pequenos e médios podem funcionar como Stepping Stones entre os fragmentos grandes, aumentando a permeabilidade numa matriz urbana. A análise da paisagem demonstra que esses fragmentos têm um alto potencial de conservação de suas florestas, seja por sua extensão em redes e a existência de corredores ecológicos, indicando a possibilidade de combinar urbanização e conservação.

 

 

 

A B S T R A C T

The grown of the cities is one of the factors that has been isolating patchesof Atlantic Forest, threatening this particular hotspot. One way to mitigate those impacts is creating ecological corridors and to increasematrix permeability. However, few studies evaluate the quality of the moist tropical forest in urban areas. This paper aims to assess the quality of forest fragments in the city of Guarujá (São Paulo, Brazil) under the perspective of landscape ecology. Using pictures from LandSat 8, geoprocesseding SPRING, thetropicalrainforestfragments were divided in 3 size categories: small, medium; and large. Wherein were assessed the following parameters of area, shape e connectivity. The 92 fragments of FOD mapped occupy 33% of the landscape, number above the boundary of 30% which is the minimum for a landscape to conciliate economical usage and biological conservation. The index of shape showed that the fragments of the large size category highly suffer with the edge effect, however due to its extension; it has a larger core area. An analysis of the connectivity has demonstrated that is possible to create a network that amounts an area of 3346 hectares and that many small and medium-sized fragments can function as Stepping Stonesamong large fragments, increasing the permeability in urban matrix. The landscape analysis demonstrates that these fragments have a high potential for conserving their forests, either on its extension in networks and the existence ofecological corridor, indicating the ability/possibility to combine urbanization and conservation.

Keywords: Atlantic Rainforest, habitat fragmentation, conservation biology, stepping stones.

 

 


Palavras-chave


Mata Atlântica, fragmentação de habitat, ecologia da conservação, trampolim ecológico

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5935/1984-2295.20170017



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License