Avaliação da urbanidade do município de Itirapina – SP (Evaluation of the urbanity of the Itirapina - SP municipality )

Bruna Félix dos Santos, Diego Peruchi Trevisan, Luiz Eduardo Moschini

Resumo


As várias transformações impostas ao meio ambiente têm ocasionado impactos negativos ao ecossistema deixando-o vulnerável. Tais influências antrópicas alteram a paisagem e modificam grandes áreas com coberturas florestais, transformando-as em inúmeros fragmentos, o que interfere na qualidade e quantidade dos recursos naturais. Diante a essas considerações, o presente trabalho visa avaliar a urbanidade do município de Itirapina no período de 10 anos (2006 e 2016) por meio da aplicação do Índice de Urbanidade. A abordagem metodológica envolveu a caracterização ambiental, com levantamentos bibliográficos e digitais da base de dados sendo estas informações analisadas no Sistema de Informações Geográficas (SIGs) os quais deram suporte para determinar o Índice de Urbanidade desse modo auxiliando na análise das alterações sofridas pela paisagem, verificando assim os principais impactos, para que possa ocorrer planejamento nas ações de manejo, na atuação sobre a qualidade ambiental. 

 

 

 

 

A B S T R A CT

The various transformations imposed on the environment have caused negative impacts to the ecosystem leaving it vulnerable. Such anthropic influences alter the landscape and modify large areas with forest cover, transforming them into numerous fragments, which interferes with the quality and quantity of natural resources. In view of these considerations, the present study aims to evaluate the urbanity of the municipality of Itirapina in the period of 10 years (2006 and 2016) by applying the Urbanity Index. The methodological approach involved the environmental characterization, with bibliographical and digital surveys of the data base, and this information was analyzed in the Geographic Information System (GIS), which gave support to determine the Urbanity Index, thus assisting in the analysis of the alterations suffered by the landscape, thus verifying the main impacts, so that planning can take place in the management actions, in the action on environmental quality.

Keywords: Anthropogenic actions, Preservation of natural resources, Environment, Index of Urbanity.


Palavras-chave


Ações antrópicas, Preservação dos recursos naturais, Meio ambiente, Índice de Urbanidade

Texto completo:

PDF

Referências


Balmford, A., Bruner, A., Cooper, P., Costanza, R., Farber, S., Green, R. E., Jenkins, M., Jefferiss, P., Jessamy, V., Madden, J., Munro, K., Myers, N., Naeem, S., Paavola, J., Rayment, M., Rosendo, S., Roughgarden, J., Trumper, K., Turner, R.K. 2002. Economic Reasons for Conserving Wild Nature. Science, 297, 950 – 953.

BRASIL. 2007. Ministério do Meio Ambiente. Vulnerabilidade ambiental: desastres naturais ou fenômenos induzidos? Brasília, 192p.

Bursztyn, M. 2001. A difícil sustentabilidade: política energética e conflitos ambientais. Garamond, 107-111.

Carrijo, M. G. G. 2005. Vulnerabilidade ambiental: o caso do Parque Estadual das Nascentes do Rio Taquari. 2005. Dissertação (Mestrado em Saneamento Ambiental e Recursos Hídricos) - Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Ambientais, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Campo Grande.

Cecconello, V. M. O Estudo de Impacto Ambiental, 2008. Disponível: http://www3.pucrs.br/pucrs/files/uni/poa/direito/graduacao/tcc/tcc2/trabalhos2008_1/vanessa_marini.pdf. Accesso: 14 ago. 2018.

Corrêa, R. L. 2003. O espaço Urbano. São Paulo: Ática, 4Ed. 85p.

De Groot, R. S., Blignaut, J., Der Ploeg, S., Aronson, J., Elmqvist, T., Farley, J. 2013. Benefits of investing in ecosystem restoration. Conservation Biology, 27, 1286-1293.

Girão, O., Corrêa, A. C. B. 2004. A contribuição da geomorfologia para o planejamento da ocupação de novas áreas. Revista de Geografia. UFPE-DCG, 21, 36-58.

Grigio, A. M. 2003. Aplicação do sensoriamento remoto e sistemas de informação geográfica na determinação da vulnerabilidade natural e ambiental do município de Guaramé (RN): simulação de risco às atividades da indústria petrolífera. 2003. 230f. Dissertação (Mestrado em Geodinâmica) - Programa de Pós-Graduação em Geodinâmica e Geofísica, Universidade Federa do Rio Grande do Norte, Natal.

IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2016. Disponível: http://www.ibge.gov.br/home/. Accesso: 14 ago. 2018.

Juan, G., Garcia, S. 2002. Turismo y sustentabilidad: El périplo sustentable. Directorio 2. UniversidadAutonoma Del Estado de México. México.

Lima, T.C., Guilen-Lima C. M., Oliveira M. S., Soares-Filho, B. 2013. DINAMICA EGO e Land Change Modeler para simulação de desmatamento na Amazônia brasileira: análise comparativa. In: Anais XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto: Foz do Iguaçu, INPE, 6379-6386.

Lopes, J. R. B. L. O Processo de Urbanização, 2008. Disponível em Acesso em 21 de janeiro de 2018.

Marro, A. A., Souza, A. M. C., Cavalcante, E. R. S., Nunes, G. S. B. R. O. 2013. Lógica Fuzzy: Conceitos e aplicações, material didático. Anais. VII Congresso Ibero-americano de Informática Educativa, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 127 – 136.

Moletta, I. M., Nucci, J. C., Kroker, R. 2005. Carta de Hemorobia de uma área de extração de areia no bairro do Umbará, Curitiba/PR/Brasil. Anais de XI Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada – 05 a 09 de setembro de 2005 – UPS., 4964-497.

O’Neill, R.V., Krummel, J.R., Gardner, R.H., Sugihara, G., Jackson, B., De Angelis, D.L., Milne, B.T., Turner, M.G., Zygmunt, B., Christensen, S.W., Dale, V.H., Graham, R.L., 1988. Indices of landscape pattern. Landscape Ecology 1, 153-162.

Oliveira M. S., Lima, T. C., Guilen-Lima C. M., Soares-Filho, B., 2004. DINAMICA EGO e Land Change Modeler para simulação de desmatamento na Amazônia brasileira: análise comparativa. In: Anais XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto: Foz do Iguaçu, INPE, 6379-6386.

Ribeiro, F. L., Campos, S., Piroli, E. L, Santos, T. G., Cardoso, L. G. 1999. Uso da terra do Alto rio pardo, obtido a partir da análise visual IN: Anais. I Ciclo de Atualização Florestal do Conesul Santa Maria: UFSM, 1999. v. único, 75 – 81.

Ritters, K. H., O’neil, R. V., Hunsaker, C. T., Wickham, J. D., Yankee, D. H. Timmins, S. P., 1995. A factor analysis of landscape pattern and structure metrics. Landscape Ecology, 10, 23-39.

Santos, J. E., Nogueira, F., Pires, J. S. R., Obara, A. T., Pires, A. M. Z.C. R. 2001. The value of the Ecological Station of Jatai’s ecosystem services and natural capital. Revista Brasileira de Biologia, 61, 171-190.

Santos, M. 2014. Geoprocessamento aplicado ao estudo da vulnerabilidade ambiental da Serra da Calçada – MG. Disponível em Acesso em 10 de janeiro de 2018.

Silva, C. E. F., Reis, C. M., Zanchetta, D., Sila, D. A., Luca, E. F., Fernandes, F. S., Lutggens, H. D., Tannus, J. L. S., Pinheiro, L. S., Martins, M. R. C., Sawaya, R. 2006. Plano de manejo integrado das unidades de Itirapina. Disponível em Acesso em 14 de abril de 2018.

Tanscheit, R. Fundamentos da lógica Fuzzy e controle Fuzzy. 2006. Departamento de Estatística – PUC Rio. Disponível: http://www.tcs.eng.br/PUC/Fuzzy/SILogica_Controle_Fuzzy.pdf Acesso: 31 maio de 2018.

Trevisan, D. P. 2015. Avaliação da Naturalidade do município de São Carlos, São Paulo, Brasil. Revista de Geografia Física, 10, 356-370.

Valdameri, M. R. 2000. Determinação dos índices de vulnerabilidade física através de técnicas de sensoriamento remoto e geoprocessamento – Municípios de Tavares e São José do Norte – Litoral Médio do RS. Disponível em Acesso em 29 de abril de 2018.

Wrbka, T., Erb K. H., Schulz, N.B., Peterseil, J., Hahn, C.O., Haberl, H.,2004. Linking pattern and process in cultural landscapes: An empirical study based on spatially explicit indicators. Land Use Policy 21, 289-306.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v12.2.p380-390

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Revista Brasileira de Geografia Física - eISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License