Processo de Formação do Vórtice Ciclônico de Médios Níveis na Região Continental e Fenômenos Associados (Process of formation of the cyclonic vortex of middle levels in the continental region and associated phenomena)

Marcelo Correia da Silva, Natalia Fedorova

Resumo


O conhecimento de sistemas de larga escala e sua relação com fenômenos adversos é importante para previsão do tempo. Os Vórtices Ciclônicos de Médios Níveis (VCMN) foram recentemente descobertos e ainda não possuem informações suficientes sobre esses sistemas. O objetivo deste trabalho foi o estudo da estrutura e processos de formação do VCMN na região continental. Os dados foram obtidos do Laboratório de Pesquisa de Sistemas Terrestres (NCEP / NOAA / NCAR) e do Projeto ERA Centro Europeu de Previsão de Médio Prazo (ECMWF). Os dados de precipitação foram obtidos do projeto CHIRPS. A estrutura, movimentos verticais e processos de formação foram analisados. Oito eventos foram identificados na região continental durante o ano de 2017. Os VCMN estavam localizados no nível de 700 hPa e eram mais profundos (até 600 hPa) em dois eventos. A duração média da VCMN foi de 12h e máxima de 30h. Um evento com formação típica de VCMN foi apresentado em detalhes. Os VCMN formaram-se abaixo da onda quente e acima da baroclinia fraca. A vorticidade foi fraco em todos os casos entre -1 e -3x10-5s-1. Os movimentos verticais foram predominantemente descendentes. As condições secas no VCMN foram confirmadas por seções verticais e mapas de umidade desde a formação do vórtice até a dissipação. As nuvens de baixos níveis foram observadas durante toda a vida do vórtice. As precipitações ocorreram no evento típico em torno de 12mm / 24h.

  

A  B  S  T  R  A  C  T

Knowledge of large-scale systems and their relationship to adverse phenomena is important for weather forecasting. The Middle Tropospheric Cyclonic Vortex (MTCV) was recently discovered and there is not enough yet information about these systems. The analysis of MTCVs the structure and processes of VCMN formation in the continental region was the principal goal of the present study. Data were obtained from the Terrestrial Systems Research Laboratory (NCEP / NOAA / NCAR) and from the ERA Project European Center for Medium-Term Forecasting (ECMWF). Precipitation data were obtained from the CHIRPS project. The structure, vertical movements and formation processes were analyzed. Eight events were identified in the continental region during the year 2017. MTCV were located at the 700hPa level and were deeper (up to 600hPa) at two events. The vortices persisting was on average 12 hours and maximum of 30 hours. One MTCV event with typical process of formation is considered in detail. The MTCV were formed below the warm wave and above the weak baroclinic zone. The vorticity was weak in all cases between -1 and -3x10-5s-1. The vertical movements were predominantly descending. The dry conditions in the VCMN were confirmed by vertical sections and humidity maps from vortex formation to dissipation. Low-level clouds were observed throughout the life of the vortex. The precipitations occurred in the typical event around 12mm / 24h.

Keyword: Middle Tropospheric Cyclonic Vortex, weather forecast, precipitation


Palavras-chave


Vórtice Ciclônico de Médios Níveis, Previsão do Tempo, Precipitação

Texto completo:

PDF

Referências


Citeau, J., Bergés, J.C., Demarcq, H., Mahé, G. 1988. Position de la zone de convergence a 28°N ET température de surface de l’océan. Veille Climatique Satellitaire 21, 3-7.

CPTEC. Centro de Previsões de Tempo e Estudos Climáticos, 2018. Disponível em: http://satelite.cptec.inpe.br/acervo/goes16.form

ulario.logic. Acesso em: 05 de julho de 2018.

CHIRPS. Climate Hazards Group InfraRed Precipitation with Station data, 2018. Disponível em: ftp://ftp.chg.ucsb.edu/pub/

org/chg/products/CHIRPS-2.0/. Acesso em: 05 de julho de 2018.

Coutinho, M.D.L., Fisch, G. 2007. Distúrbios ondulatórios de leste (DOLs) na região do centro de lançamento de Alcântara-MA. Revista Brasileiro de Meteorologia 22, 193-203.

Coutinho, M.D.L; Gan, M.A.; Rao, V.B. 2010. Método objetivo de identificação dos vórtices ciclônicos de altos níveis na região Tropical Sul: validação. Revista Brasileira de Meteorologia 25, 311-323.

ECMWF. European Centre for Medium-Range Weather Forecasts, Project Era-Interim, Daily. Disponível em: https://apps.ecmwf.int/datasets/

data/interim-full-daily/levtype=pl/. Acesso em: 05 de julho de 2018.

Emanuel, K.A. 1994. Atmospheric convection. New York, Oxford University Press. 592p.

Fedorova, N., Gemiacki, L., Carvalho, L.C., Levit, V., Rodrigues, L.R.L., Costa, S.B. 2006. Frontal Zone on the North-East of Brazil. In: International Conference on Southern Hemisphere Meteorology and Oceanography (ICSHMO) 8, 1765-1768.

Fedorova, N., Santos, D.M.B., Segundo, M.M.L., Levit, V. 2016. Middle Tropospheric Cyclonic Vortex in Northeastern Brazil and the Tropical Atlantic. Pure Appl. Geophys 173, 1-15.

Fedorova, N., Levit, V., Cruz, C.D. 2016. On frontal zone Analysis in the tropical region of the Northeast Brazil. Pure Appl. Geophys 173, 1403-1421.

Gallego, D., Ribera, P., García-Herrera, R., Hernandez, E. 2005. A new look for the Southern Hemisphere jet stream. Climate Dinamics 24, 607-621.

GrADS. GRID analysis and Display System: Overview of GrADS, 2014. Disponível em: http://opengrads.org/doc/. Acesso em: 05 de julho de 2018.

Kousky, V. E. 1979. Frontal Influences on Northeast Brazil. Monthly Weather Review 107, 1140-1153.

Kousky, V. E., Gan, M.A. 1981. Upper tropospheric cyclonic vórtices in the tropical South Atlantic. Tellus 33, 538-551.

Lyra, G.B.; Oliveira-Júnior, J.F.; Zeri, M. 2014. Cluster analysis applied to the spatial and temporal variability of monthly rainfall in Alagoas state, Northeast of Brazil. International Journal of Climatology 34, 3546-3558.

NCEP. 40-Year Reanalysis Project: March 1996 BAMS, 2018. Disponível em: https://www.esrl.noaa.gov/psd/data/gridded/data.ncep.reanalysis.html. Acesso em: 05 de julho de 2018.

Milhahn Júnior, A.W. 2013. Corrente de jato e sistemas sinóticos associados aos complexos convectivos de mesoescala no Nordeste Brasileiro. Trabalho de Conclusão de Curso. Maceió, Universidade Federal de Alagoas.

Molion, L. C. B., Bernado, S.O. 2002. Uma revisão da dinâmica das chuvas no Nordeste Brasileiro. Revista Brasileira de Meteorologia 17, 1-10.

Pampuch, L.A.; Ambrizzi, T. 2016. Sistemas Frontais sobre a América do Sul, Parte II: Monitoramento mensal em dados da reanálise do Ncep/Ncar. Ciência e Natura 38, 105.

Paredes, F.T.; Barbosa, H.A.; Kumar, L.V. 2017. Validating CHIRPS-based satellite precipitation estimates in Northeast Brazil. Journal of Arid Environments 139, 26-40.

Pontes da Silva, B. F., Fedorova, N., Levit, V. Peresetsky, A. 2011. Sistemas sinóticos associados às precipitações intensas no Estado de Alagoas. Revista Brasileira de Meteorologia 26, 295-310.

Ramirez, M.C.V. 1996. Padrões climáticos dos vórtices ciclônicos em altos níveis no Nordeste do Brasil. Tese (Doutorado). São José dos Campos, INPE.

Repinaldo, H.F.B. 2010. Vórtice ciclônico em altos níveis e corrente de jato do Nordeste brasileiro em anos de El Niño e La Niña. Dissertação (Mestrado). Maceió, Universidade Federal de Alagoas.

Rodrigues, L.R.L., Fedorova, N., Levit, V. 2010. Adverse meteorological phenomena associated with low level baric troughs in the Alagoas state in 2003. Atmospheric Science Letters 11, 204-209.

Santos, D.M.B. 2012. Vórtices Ciclônicos de Médios Níveis (VCMN): Uma análise de frequência e estrutura. Dissertação (Mestrado). Maceió, Universidade Federal de Alagoas.

Santos, J.S.; Mota, M.A.S. & Rocha, E.J.P. 2014. Classificação climatológica da Energia Potencial Disponível para a Convecção na cidade de Belém – PA. Revista Brasileira de Meteorologia 29, 60-72.

Silva, T. G., 2017. Formação dos Vórtices Ciclônicos de Médios Níveis. Dissertação (Mestrado). Maceió, Universidade Federal de Alagoas.

Silveira, M.H.S. 2012. Análise termodinâmica dos complexos convectivos de mesoescala atuantes na costa leste do nordeste brasileiro. Dissertação (Mestrado). Maceió, Universidade Federal de Alagoas.

Teixeira, R.F.B. 2016. Satélites meteorológicos: imagens, aplicações e curiosidades. Fortaleza: Tipografia Íris. 192p.

Uvo, C. R. B., Nobre, C.A. 1989. A zona de convergência intertropical (ZCIT) e a precipitação no norte do Nordeste do Brasil. Parte 1: A posição da ZCIT no Atlântico Equatorial. Climanálise 4, 34-40.

Vemado, F., Pereira Filho, A.J. 2016. Severe Weather Caused by Heat Island and Sea Breeze Effects in the Metropolitan Area of São Paulo, Brazil. Advances in Meteorology. 1-13.

Xavier, T.M.B.S., Xavier, A.F.S., Dias, P.L.S., Dias, M.A.F.S. 2000. A zona de convergência intertropical – ZCIT e suas relações com a chuva no Ceará. Revista Brasileira de Meteorologia 15, 27-43.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v12.2.p365-379

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Revista Brasileira de Geografia Física - eISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License