Ocorrência de arboviroses em diferentes espaços geográfico de João Pessoa/PB e a sua relação com o clima urbano

Joel Silva dos Santos

Resumo


O Brasil é um país tropical com características urbanas que favorecem a proliferação do mosquito Aedes aegypti o qual vem transmitindo há decadas a dengue e recentemente novas arbovirores como a zika e a chikungunya, acometendo assim, a população de cidades litorâneas tropicais como João Pessoa/PB. O objetivo do estudo foi verificar a relação entre o clima urbano e a ocorrência de arboviroses em diferentes tipologias do espaço geográfico da cidade de João Pessoa/PB. Para a realização da pesquisa de natureza quanti-qualitativa, utilizou-se o Sistema Ambiental Urbano (S.A.U.). Foram definidos três bairros da área da capital paraibana com diferentes tipologias do espaço geográfico para a coleta dos dados climatológicos in locu através da instalação de sensores de temperatura e umidade relativa do ar do tipo U-10 (HOBO). Os dados pluviométricos da área de estudo foram coletados junto ao Instituto Nacional de Meteorologia e os dados de arboviroses coletados junto a Secretaria Municipal de Saúde do Município. A periodicidade para o levantamento dos dados compreendeu os dois períodos climáticos distintos da região: seco (janeiro, fevereiro, setembro e outubro) e chuvoso (março a agosto) de 2018. Os resultados demonstraram que o ambiente geográfico modificado e a dinâmica das variáveis dos clima urbano (temperatura e umidade relativa do ar) potencializam a proliferação do mosquito e a competência vetorial para transmissão e disseminação de arboviroses. Verificou-se que a manifestação dos primeiros sintomas das doenças ocorre principalmente no período chuvoso da região associada a determinadas temperaturas. O monitoramento do clima urbano da cidade associado a compreensão da transformação e reprodução do espaço geográfico, constitui-se em ferramenta indispensável para a promoção de Políticas Públicas de prevenção de arboviroses.

Palavras-chave: Doença viral, casos de arboviroses, clima urbano e saúde.


Palavras-chave


Clima urbano, Geografia da saúde, Saúde Pública



DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v13.6.p%25p

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License