Impactos da disposição de resíduos sólidos urbanos no solo em municípios de Minas Gerais – Brasil

Rosângela Francisca de Paula Vitor Marques, Antônio Marciano da Silva, Luciano dos Santos Rodrigues, Luana Ferreira Mendes, Alisson Souza de Oliveira

Resumo


Objetivou-se avaliar impactos ambientais de diferentes Áreas de Disposição de Resíduos Sólidos Urbanos - ADRSU, sobre a contaminação dos solos e como subsídio para o estabelecimento de espécies vegetais, nas áreas encerradas do aterro sanitário (Campo Belo), aterro controlado (Santo Antônio do Amparo) e lixão (Elói Mendes), no Sul de Minas Gerais. Coletaram-se amostras deformadas e indeformadas de solo, nas camadas de 0-20cm, dentro das ADRSU e nas camadas de 0-20 e 20-40cm a montante e jusante de cada área. Realizaram-se análises de densidade global e de partículas, limites de liquidez e plasticidade, porosidade total, condutividade hidráulica, Cr, Cu, Ni, Zn, Cd, Pb e Hg para avaliar o potencial de percolação do chorume no solo. Utilizou-se estatística descritiva e Teste T e os resultados comparados com a Resolução CONAMA 420/2009. Maiores valores de condutividade hidráulica e porosidade foram observadas no aterro sanitário. Não se detectou contaminações por metais pesados nas ADRSU de Campo Belo e Elói Mendes. Observou-se contaminação por Ni e Cr a montante do aterro controlado e sinalização de contaminação em áreas a jusante, além da presença de Cu, possivelmente em decorrência da topografia do terreno. Para o estabelecimento de plantas, o aterro controlado é o mais restritivo.


Palavras-chave


Características químicas e físicas, contaminação ambiental, áreas de disposição final de resíduos sólidos urbanos

Referências


ABNT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 7180: Limite de plasticidade, Rio de Janeiro, 1984.

______;NBR 7181: Solo – Análise Granulométrica, Rio de Janeiro, 1984.

______, NBR13896: Aterros de resíduos não-perigosos – Critérios para projeto, implantação e operação, Rio de Janeiro, 1997.

ADAMCOVÁ, D., VAVERKOVÁ, MD, BARTOŇ, S., HAVLÍČEK, Z. E BŘOUŠKOVÁ, E .2016: Soil contamination in landfills: a case study of a landfill in Czech Republic, Solid Earth, 7, 239 –247, Disponível: https://doi.org/10.5194/se-7-239-2016.

AMADI A. N., OKUNLOLA I. A., EZE C. J., JIMOH M. O., UNUEVHO C. I., ABUBAKAR FAHAD. 2015. Geotechnical Assessment of Clay Deposits in Minna, North-Central Nigeria for Use as liners in Sanitary Landfill Design and Construction. American Journal of Environmental Protection.; 3, (3) 67-75, Disponível: https://doi.org/ 10.12691 / env-3-3-2.

ALCÂNTARA, A.J.O.; PIERANGELI, M.A.P.; SOUZA, C.A.; SOUZA, J.B. 2011. Teores de As, Cd, Pb, Cr e Ni e atributos de fertilidade de Argissolo Amarelo distrófico usado como lixão no município de Cáceres, estado de Mato Grosso. Revista Brasileira de Geociências, 41, (3), 539-548.

APHA standard methods: for examination of water and wastewater. 23th ed. Baltimore: APHA, AWWA, WPCP, 2017.

ASTM D422-63(2007)e2, Standard Test Method for Particle-Size Analysis of Soils (Withdrawn 2016), ASTM International, West Conshohocken, PA.

BARELLA, C.S.; BACELLAR, L.A.P.; NALINI JR, H.A. 2013 Influence of the natural oxidation of the leachate organic fraction from a landfill on groundwater quality, Belo Horizonte: Minas Gerais, south-eastern Brazil. Environmental Earth Sciences, 70, 5, 2283-2292. Disponível: https://doi.org/10.1007/s12665-013-2284-4

CAPUTO, H.P. 1987. Mecânica dos solos e suas aplicações. 6.ed. Rio de Janeiro, Livros Técnicos e Científicos. 219p.

CASTILHO JÚNIOR, A. B (Coord.). 2006. Gerenciamento de resíduos sólidos urbanos com Ênfase na preservação de corpos d’água: prevenção, geração e tratamento de lixiviados de aterros sanitários. Rio de Janeiro: ABES, 494 p.

CAMPOS, M. C. C., AQUINO, R. E., OLIVEIRA, I. A. O., BERGAMIM, A. C. 2013. Variabilidade espacial da resistência mecânica do solo à penetração e umidade do solo em área cultivada com cana-de-açúcar na região de Humaitá, Amazonas, Brasil. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, 8, 2, 305-310. Disponivel: https://doi.org/10.5039/agraria.v8i2a2091

COMPANHIA DE TECNOLOGIA DE SANEAMENTO AMBIENTAL. 2005. Valores

orientadores para solo e água subterrânea. São Paulo.

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE. Resolução 420, de 28 de dezembro de 2009. Dispõe sobre critérios e valores orientadores de qualidade do solo quanto à presença de substâncias químicas e estabelece diretrizes para o gerenciamento ambiental de áreas contaminadas por essas substâncias em decorrência de atividades antrópicas." . Disponível em: http://www2.mma.gov.br/port/conama/legiabre.cfm?codlegi=620.

DANIEL, D. E. 1993. Geotechnical practice for waste disposal. London: Chapman and Hall. 683 p.

DIAS, L. E.. 1998. Caracterização de substratos para fins de recuperação de áreas degradadas. p. 27-44. In DIAS, L. E., MELLO, J. W. V. (Ed.). Recuperação de áreas degradadas. UFV, Departamento de Solos; Sociedade Brasileira de Recuperação de Áreas Degradadas, Viçosa, Minas Gerais. 251 p.

EMBRAPA. 1997. Manual de métodos de análise de solo. EMBRAPA/CNPS. Rio de Janeiro. 2ed., 212p.

FARIA, G. M.; MONDELLI, G. 2018. Proposal for MSW contaminant classification applied to a tropical aquifer. Environmental Science and Pollution Research. 25, (10) 9771–9796. Disponível: https://doi.org/10.1007 / s11356-017-1046-3

FARIA, G.M.M., MONDELLI, G. 2017. Interaction between municipal solid waste leachate and Bauru aquifer system: a study case in Brazil. Environ Sci Pollut Res 24, (35) 27553–27572. Disponível: https://doi.org/10.1007 / s11356-017-0115-y

FEAM - Fundação Estadual do Meio Ambiente, 2008. Orientações Técnicas para Atendimento da Deliberação Normativa 118/2008 do Conselho Estadual de Política Ambiental / Fundação Estadual do Meio Ambiente, - Belo Horizonte: Feam, 48 p,; il.

GANIYU, SA, BADMUS, BS, OLADUNJOYE, MA et al. 2016. Assessment of groundwater contamination around active dumpsite in Ibadan southwestern Nigeria using integrated electrical resistivity and hydrochemical methods. Environ Earth Sci .75, 643. Disponível: https://doi.org/10.1007/s12665-016-5463-2

GIANG, N.V., KOCHANEK, K., VU, N.T. et al. 2018. Landfill leachate assessment by hydrological and geophysical data: case study NamSon, Hanoi, Vietnam. Journal Mater Cycles Waste Manag, 20, 1648–1662. Disponível: https://doi.org/10.1007/s10163-018-0732-7

GÓMEZ-PUENTES, F. J., REYES-LÓPEZ, J. A., LÓPEZ, D. L., CARREÓN-DIAZCONTI, C., BELMONTE-JIMÉNEZ, S 2014. Geochemical processes controlling the groundwater transport of contaminants released by a dump in an arid region of México. Environmental Earth Sciences. 71, 609-621. Diponível: https://doi.org/10.1007/s12665-013-2456-2

HURTADO, A, L, B. 2004. Variabilidade da condutividade hidráulica do solo em valores fixos de umidade e de potencial matricial , Piracicaba, 94 p, Tese (doutorado) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz.

JESUS, L. S. FERNANDES, J. B., GIACHETI, H. L. 2013. Investigação da condutividade hidráulica dos solos de uma área de aterro de resíduos sólidos urbanos por meio de ensaios de campo e laboratório. Ciência & Engenharia. 22 , (1) 21 – 28.

KEMERICH, P. D.C; FLORES, C. E.;BORBA, W. F.; FLORES, B. A.; VICATTO FILHO, L. L. D.; BARROS, G.; GERHARDT, A. E.; RODRIGUES, A. C. 2013. Variação espacial das concentrações de cádmio e manganês em solo ocupado por aterro sanitário. Revista do Centro do Ciências Naturais e Exatas – UFSM. 17, 17, 3336 – 3345. Disponível: http://dx.doi.org/10.5902/2236117010663

LONDE, P. R.; BITAR, N. A. B. 2011. Importância do uso de vegetação para contenção e combate à erosão em taludes do lixão desativado no município de Patos de Minas (MG). Perquirere, 8, 224-249.

MAGALHÃES, A. F. 2005. Avaliação do desempenho de técnicas de bioengenharia na proteção e conservação da cobertura final de taludes em aterros de disposição de resíduos sólidos urbanos: estudo de caso para o Aterro Sanitário de Belo Horizonte, MG. 169 f. Dissertação (Mestrado em-Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte.

MARQUES, R. F. P. V.; SILVA, A. M.; RODRIGUES, L. S.; COELHO, G. 2012. Impacts of urban solid waste disposal on the quality of surface water in three cities of Minas Gerais - Brazil. Ciência e Agrotecnologia, 36, 6, 684-692. Disponível: https://doi.org/10.1590/S1413-70542012000600010.

MELO JR, J. C., AMORIM, M., SEBERINO, A., OLIVEIRA, T., BARROS, V. 2015. Diversidade e estrutura comunitária da vegetação em regeneração natural em uma área de lixão desativado Acta Biologica Catarinense. 2. 32-47. Disponível: https://doi.org/10.21726/abc.v2i1.153.

MONDELLI, G, GIACHETI, H. L. HAMDA, J. 2016.Avaliação da contaminação no entorno de um aterro de resíduos sólidos urbanos com base em resultados de poços de monitoramento. Engenharia Sanitária e Ambiental. 21 , (1) 169-182. Disponível: https://doi.org/10.1590/S1413-41520201600100120706

OLIVEIRA, B. O. S;, TUCCI, C. A. F , NEVES JÚNIOR, A. F.; SANTOS, A. A. 2016. Avaliação dos solos e das águas nas áreas de influência de disposição de resíduos sólidos urbanos de Humaitá, Amazonas. Engenharia Ambiental e sanitária. 21, (3) 593-601. Disponível: https://doi.org/10.1590/S1413-41522016133274.

PINTO FILHO, J.L.O.; SOUZA, M.J.J.B.; SANTOS, E.G.; GÊ, D.R.F.; CESAR FILHO, P. 2012. Monitoramento dos teores totais e disponíveis de metais pesados no lixão do município de Apodi-RN. Revista Verde, 7, 1, 141-147.

RALISCH, R.; MIRANDA, T.M.; OKUMURA, R.S.; BARBOSA, G.M.C.; GUIMARÃES, M.F.; SCOPEL, E.; BALBINO, L.C. 2008. Resistência à penetração de um Latossolo Vermelho Amarelo do Cerrado sob diferentes sistemas de manejo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 12, 4, 381-384.Disponível: https://doi.org/10.1590/S1415-43662008000400008

SILVA, T. A. C , MELLONI, R; MELLONI, E. G. P., RAMOS, P. P., PEREIERA, J. M. 2020. Avaliação da qualidade de solo de área de lixão desativado: uma revisão de Literatura. Revista Brasileira de Geografia Física 13, 2, 630-640.

UNITED STATES ENVIRONMENTAL PROTECTION AGENCY. Method 3051 A: microwave assisted acid digestion of sediment, sledges, soils, and oils. Washington, 1998. Disponível em: . Acesso em: 18 jul. 2016.

WUTKE, E.B.; VILA, J.C.; PEREIRA, N.A.; AMBROSANO, G.M.B. Sucessão de culturas aumenta rendimento do feijoeiro irrigado no Nordeste paulista. . Campinas, n. 55. 2003. Acesso: 20 de agosto de 2018




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v14.3.p%25p

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License