Morphometric characterization of the Acará River Water Basin (Northeast Pará) through SRTM data

Albertino Monteiro Neto, Ivan Carlos da Costa Barbosa, Ayslla Mendonça dos Santos Santos, Emerson Renato Maciel da Silva, Luiz Gonzaga da Silva Costa

Resumo


Currently, the Amazon has been suffering significant impacts through human actions as rural and urban disordered occupation, agriculture, livestock and mining. In face of this situation, the Hydric Resources National Policy, instituted by law number 9,433 from January 8 of 1997, presents the spatial administration system named water basin. Through its applicability, the water basin is base to understand the dynamic of the hydrologic cycle and of impacts caused by human activities. Thus, the geotechnology use has presented as a promising alternative in environmental monitoring of water basins. This research aims to generate the morphometric characterization of the Acará River Water Basin, localized in northeast Pará, through SRTM data. Thus, was determined the shapes global index, fluvial hierarchy, hypsometry and declivity of water basin. According to obtained results, is possible to infer that the Acará River Water Basin has an elongated form, promoting less defluvium concentration and less exposure to large-scale flooding, with 6th order of fluvial hierarchy. In relation to declivity, the basin fitted, mostly, in flat and smoothly wavy classes, with maximum altitude of 104.47 meters. So, the morphometric characterization of water basins, through SRTM data, presented several advantages such as processing speed, better secondary data integration, replicability and less manual intervention. Besides, the information produced can contribute with the comprehension of the environmental dynamic of the Acará River Water Basin, contributing with database for the optimization of management plans.

Palavras-chave


Amazon; Water resources; Management and planning; Remote sensing; Geoprocessing

Referências


Alves Sobrinho, T., Oliveira, P. T., Rodrigues, D. B., & Ayres, F. M., 2010. Delimitação automática de bacias hidrográficas utilizando dados SRTM. Engenharia Agrícola, 30(1), 46-57.

Brasil, 2001. Ministério do Meio Ambiente- MMA. Secretaria Nacional de Recursos Hídricos. Política Nacional de Recursos Hídricos- Legislação. Brasília.

Camapum de Carvalho, J.; Sales, M. M.; Souza, N. M.; Melo, M. T. S., 2006. Processos Erosivos no Centro-Oeste Brasileiro. Brasília: Universidade de Brasília: FINATEC.

Castro, P. S., 2001. Recuperação e conservação de nascentes. Centro de Produções Técnicas.

Cogo, N. P., Levien, R., & Schwarz, R. A., 2003. Perdas de solo e água por erosão hídrica influenciadas por métodos de preparo, classes de declive e níveis de fertilidade do solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, 27(4), 743-753.

Costa F. P. L. D. R., 2016. Plano de recuperação da Área de Preservação Permanente (APP) da nascente do córrego Pipa no município de Aparecida de Goiânia–Goiás. 36 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização)-Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia em parceria com a Agência Nacional de Águas, Ceará.

Costa, P. L. D. C. V., & Silva A. A. A., 2016. Resistência à penetração em Latossolo sob floresta ripária e submetido ao pisoteio animal. Ambiente & Água-An Interdisciplinary Journal of Applied Science, 11, 1109-1118.

Costa, D. P., Vendruscolo, J., Rosa, D. M., Mendes, D. M., Cavalheiro, W. C. S., & Rodrigues, A. A. M., 2019. Morfometria e dinâmica de desmatamento da microbacia Canaã, Amazônia, Brasil/Morphometry and deforestation dynamics of Canaã microbasin, Amazonia, Brazil. Brazilian Journal of Development, 5(12), 30754-30772.

Costa, A. A. D., Santos G., E. A., & Silva N., S. M. A., 2020. Análise morfométrica da bacia hidrográfica Paraguai/Jauquara, Mato Grosso-Brasil. Geosul, 35(74), 483-500.

Dias, F. G., 2019. Análise integrada da paisagem na bacia hidrográfica do rio Acará, Amazônia Oriental: subsídios ao planejamento ambiental. 2019. 135 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais)-Universidade Federal do Pará em parceria com Empresa Brasileira de Agropecuária e Museu Paraense Emílio Goeldi, Pará.

EMBRAPA. Empresa Brasileira De Pesquisa, 2006. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Manual de métodos de análise de solo. Belém.

Farias, I. C. et al., 1984. Guia para La Elaboracion de Estúdios Del Medio Fisico: Contenido y Metodologia 2, 572p.

Félix, E. A., & de Souza, C. A., 2017. Levantamento e análise morfométrica da bacia hidrográfica do Rio Cabaçal-MT. Os Desafios da Geografia Física na Fronteira do Conhecimento, 1, 75-86.

FAPESPA. Fundação amazônia de amparo a estudos e pesquisas, 2019. Anuário Estatístico do Pará. Disponível em: . Access in: jul 17. 2020.

Gurgel, R. S., Farias, P. R. S., & de Oliveira, S. N., 2017. Land use and land cover mapping and identi¿ cation of misuse in the permanent preservation areas in the Tailândia Municipality–PA. Semina: Ciências Agrárias, 38(3), 1145-1159.

Höfig, P., & Araujo-Junior, C. F., 2015. Classes de declividade do terreno e potencial para mecanização no Estado do Paraná. Coffee Science 10(2), 195-203.

Horton, R. E., 1945. Erosional development of streams and their drainage basins; hydrophysical approach to quantitative morphology. Geological society of America bulletin, 56(3), 275-370.

Junior, O. B. P., & Rossete, A. N., 2005. Caracterização morfométrica da bacia hidrográfica do ribeirão Cachoeira, MT-Brasil. Geoambiente on-line, (4), 01-16.

Köppen, W.; Geiger, R., 1928. Klimate der Erde. Gotha: Verlag Justus Perthes. Wall-map 150cmx200cm.

Lorenzon, A. S., Fraga, M. D. S., Moreira, A. R., Uliana, E. M., Silva, D. D. D., Ribeiro, C. A. A. S., & Borges, A. C., 2015. Influência das características morfométricas da bacia hidrográfica do rio Benevente nas enchentes no município de Alfredo Chaves-ES. Revista Ambiente & Água, 10(1), 195-206.

Mioto, C. L., de Oliveira Ribeiro, V., de Queiroz Souza, D. M., Pereira, T. V., Anache, J. A. A., & Paranhos Filho, A. C., 2014. Morfometria de bacias hidrográficas através de SIGs livres e gratuitos. Anuário do Instituto de Geociências, 37(2), 16-22.

Mota, A. A., Grison, F., & Kobiyama, M., 2013. Relação entre sinuosidade e índices topográficos na zona topográfica fluvial. Revista Geonorte, 4(13), 42-60.

Nascimento, T. V., & Fernandes, L. L., 2017. Mapeamento de uso e ocupação do solo em uma pequena bacia hidrográfica da Amazônia. Ciência e Natura, 39(1), 169-177.

Nobre, N. C., da Silva, C. M., Santana, J. S., & da Silva, W. A., 2019. Caracterização morfométrica, climática e de uso do solo da Bacia hidrográfica do rio Farinha-MA. Acta Iguazu, 9(1), 11-34.

Oliveira Sampaio, M. F., Guidi, M. E., & dos Santos, C. A., 2016. Análise morfométrica e revitalização da bacia hidrográfica do Ribeirão das Vargens de Caldas, Poços de Caldas-MG: uma contribuição ao planejamento urbano. Revista Interface (Porto Nacional), (11).

Oliveira, P. T., Alves Sobrinho, T., Steffen, J. L., & Rodrigues, D. B., 2010. Caracterização morfométrica de bacias hidrográficas através de dados SRTM. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 14(8), 819-825.

Pinto, V. R., Pierangeli, M. A. P., de Souza, C. A., da Silva Neves, S. M. A., & da Silva, C. J., 2018. Morfometria da Bacia Hidrográfica do Rio Sararé, Sudoeste de Mato Grosso (Morphometry of the Sararé River Basin, Southwest of Mato Grosso). Revista Brasileira de Geografia Física, 11(5), 1721-1731.

Ribeiro, L., de Paulo Koproski, L., Stolle, L., Lingnau, C., Soares, R. V., & Batista, A. C., 2008. Zoneamento de riscos de incêndios florestais para a Fazenda Experimental do Canguiri, Pinhais (PR). Floresta, 38(3).

Santos, A. M. D., Targa, M. D. S., Batista, G. T., & Dias, N. W., 2012. Análise morfométrica das sub-bacias hidrográficas Perdizes e Fojo no município de Campos do Jordão, SP, Brasil. Revista Ambiente & Água, 7(3), 195-211.

Santos, L. S., Nahum, J. S., dos Santos, C. B., & da Silva Júnior, O. M., 2019. Paisagem rural da microrregião de Tomé-Açu sob a ótica bertrandiana. Revista Brasileira de Geografia Física, 12(07), 2694-2715.

Schumm, S. A., 1963. Sinuosity of alluvial rivers on the Great Plains. Geological Society of America Bulletin, 74(9), 1089-1100.

Silva C. E. B., Silva, C. L., & Silva, M. L., 2013. Caracterização física de bacias hidrográficas na região de Manaus-AM. Caminhos de Geografia, 14(46).

Silva, J. L., & Tonello, K. C., 2014. Morfometria da bacia hidrográfica do Ribeirão dos Pinheirinhos, Brotas – SP. Irriga, Botucatu, 19, 103-114.

Souza, R. R. N., Viana, L. S., & Júnior, A. P., 2019. Avaliação de Impacto Ambiental na Dendeicultura e Agricultura Familiar no município de Acará–Pará (Brasil). Revista Brasileira de Meio Ambiente, 5(1).

Strahler, A. N., 1957. Quantitative analysis of watershed geomorphology. Eos, Transactions American Geophysical Union, 38(6), 913-920.

Strahler, A. N., 1964. Part II. Quantitative geomorphology of drainage basins and channel networks. Handbook of Applied Hydrology: McGraw-Hill, New York, 4-39.

Tonello, K. C., Dias, H. C. T., Souza, A. L. D., Ribeiro, C. A. A. S., & Leite, F. P., 2006. Morfometria da bacia hidrográfica da Cachoeira das Pombas, Guanhães-MG. Revista Árvore, 30(5), 849-857.

Tucci, C. E., 2012. Hidrologia: ciência e aplicação. São Paulo: Editora da.

Valeriano, M. M., Kuplich, T. M., Storino, M., Amaral, B. D., Mendes Jr, J. N., & Lima, D. J., 2006. Modeling small watersheds in Brazilian Amazonia with shuttle radar topographic mission-90 m data. Computers & geosciences, 32(8), 1169-1181.

Vale, J. R. B., & Bordalo, C. A. L., 2020. Caracterização morfométrica e do uso e cobertura da terra da bacia hidrográfica do rio Apeú, Amazônia oriental. Formação (Online), 27(51).

Vendruscolo, J., Pacheco, F. M. P., Rodrigues, A. A. M., de Freitas Ramos, H., Rosa, D. M., & Cavalheiro, W. C. S., 2020. Características morfométricas da microbacia do Médio Rio Escondido, Amazônia Ocidental, Brasil/Morphometric characteristics of the Médio Rio Escondido microbasin, Western Amazon, Brazil. Brazilian Journal of Development, 6(1), 565-585.

Villela, S. M., & Mattos, A., 1975. Hidrologia aplicada. Editora McGraw-Hill do Brasil.

Woodcock, R. G., 1976. Weather and Climate. Estover: MacDonald & Evans




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v14.3.p%25p

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License