Sociedades, conhecimentos e colonialidade: olhares sobre a América Latina Maíra Baumgarten (Org.)

Marcelo Fetz

Resumo


Sociedades, conhecimentos e colonialidade: olhares sobre a América Latina é uma obra que nasceu da tinta de muitas pessoas. Ela é fruto tanto das atividades desenvolvidas na série Cenários do Conhecimento promovida pelo Laboratório de Divulgação de Ciência, Tecnologia e Inovação Social (LaDCIS) do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGS-UFRGS) quanto dos fóruns acadêmicos realizados nos grupos de trabalho de Ciência, Tecnologia e Inovação da Associação Latino-Americana de Sociologia (coordenados por Maíra Baumgarten, Silvia Lago e Roberto Pineda Ibarra) e de Ciência, Tecnologia e Inovação Social da Sociedade Brasileira de Sociologia (coordenados por Fernanda Sobral, Maíra Baumgarten e Maria Lucia Maciel). Contudo, foi em um encontro preparatório para o congresso da Associação Latino Americana de Sociologia (Pré-ALAS) com o tema Sociedade, Conhecimentos e Colonialidade: Olhares sobre a América Latina, especialmente na atividade A sociologia no século XXI, evento comemorativo aos quarenta anos do PPGS-UFRGS, que a ideia do livro foi concebida. As constantes transformações observadas nas últimas décadas mundo afora – trabalho, conhecimento, tecnologia, geopolítica, entre outros – mereciam um olhar perspectivo latino americano. Com uma formação cultural baseada na assimetria sul-norte, os estudos sociais da ciência, tecnologia e inovação no contexto latino-americano não poderiam deixar de considerar o substrato histórico-cultural da formação local e de suas implicações sobre os campos da ciência, da tecnologia, da inovação e da política científica-tecnológica local. O conceito de conhecimento situado, necessariamente, traduz-se na co-produção político-científica local-global do conhecimento. Pensar tais relações, assimetrias e contradições no contexto latino-americano, com destaque para o cenário brasileiro, foi o desafio assumido pelos 14 pesquisadores responsáveis pela redação dos 12 capítulos que integram o livro.


Texto completo:

PDF

Referências


BAUMGARTEN, Maíra (Org.) (2016). Sociedades, conhecimentos e colonialidade: olhares sobre a América Latina. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

______________. (2016a). “Fazer ciência na periferia: internacionalizar é preciso?” In. BAUMGARTEN, Maíra (Org.). Sociedades, conhecimentos e colonialidade: olhares sobre a América Latina. Porto Alegre: Editora da UFRGS

BOURDIEU, Pierre; CHAMBOREDON, Jean Claude; PASSERON, Jean Claude. (1999). A profissão do sociólogo: preliminares epistemológicas. Petrópolis: Vozes.

GIDDENS, Anthony. (1993). New rules of sociological method. London: Polity Press.

HABERMAS, Jurgen. (2014). Técnica e ciência como “ideologia”. São Paulo, SP: Editora UNESP.

IVO, Anete B. L. (2016). “A sociologia como política: a “Sociologia do Desenvolvimento”” e a produção sociológica contemporânea. In. BAUMGARTEN, Maíra (Org.). Sociedades, conhecimentos e colonialidade: olhares sobre a América Latina. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

POPPER, Karl R. (1961). The logic of scientific discover. New York, NY: Science.

KUHN, Thomas S. (1970). The structure of scientific revolution. Univ. of Chicago, Chicago, IL.

MARTINS, Paulo Henrique. (2016). “O (des) encanto do desenvolvimento latino-americano na sociedade global”. In. BAUMGARTEN, Maíra (Org.). Sociedades, conhecimentos e colonialidade: olhares sobre a América Latina. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

MAVHUNGA, Clapperton Chakanetsa (Ed.). (2017). What Do Science, Technology, and Innovation Mean from Africa? Cambridge, Massachusetts: The MIT Press.

__________. (2014).Transient Workspaces: technologies of everyday innovation in Zimbabwe. Cambridge, Massachusetts: The MIT Press.

MIGLIEVICH-RIBEIRO, Adelia (2016). “Linhagens pós-coloniais e a possibilidade de ampliação do conhecimento: um debate epistemológico’. In. BAUMGARTEN, Maíra (Org.). Sociedades, conhecimentos e colonialidade: olhares sobre a América Latina. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

MILLS, C. Wright. (1961). The sociological imagination. New York, NY: Grove.

NEVES, Fabrício Monteiro. (2016). “A contextualização da verdade ou como a ciência torna-se periférica”. In. BAUMGARTEN, Maíra (Org.). Sociedades, conhecimentos e colonialidade: olhares sobre a América Latina. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

THOMAS, Hernán e BECERRA, Lucas. (2016). “Inovação, cooperativismo e desenvolvimento inclusivo: repensar a mudança tecnológica e a inclusão social”. In. BAUMGARTEN, Maíra (Org.). Sociedades, conhecimentos e colonialidade: olhares sobre a América Latina. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

TRIGUEIRO, Michelangelo Giotto Santoro. (2016). “Ciência, tecnologia, inovação e a universidade em ambientes democráticos”. In. BAUMGARTEN, Maíra (Org.). Sociedades, conhecimentos e colonialidade: olhares sobre a América Latina. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

WEBER, Max. (2006). A “objetividade” do conhecimento nas ciências sociais. São Paulo, Ática.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista de Estudos AntiUtilitaristas e PosColoniais - ISSN: 2179-7501

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Creative Commons CC Atribuição Não comercial, sem derivação 4.0.