Apresentação

Paulo Henrique Martins, Amurábi Oliveira, Silvia Cataldi, André Magnelli

Resumo


No início do ano de 2020, a província de Wuhan na China tornou-se o centro das atenções do mundo, o que se deu a partir das notícias que se espalharam rapidamente sobre um novo tipo de coronavírus, sobre o qual pouco se sabia até então. Logo, tornaram-se recorrentes nas redes sociais afirmações etnocêntricas e racistas envolvendo a suposta relação entre a origem do vírus e os hábitos alimentares chineses, além de falas de líderes mundiais, como Donald Trump, que responsabilizavam diretamente o país asiático pela pandemia. Em pouco tempo, a pandemia mudou seu epicentro da Ásia para a Europa, e da Europa para as Américas, aumentando as tensões entre os países, com a tomada de medidas drásticas que envolveram o confinamento em massa e o fechamento de fronteiras, o que foi ocorrendo de forma relativamente heterogênea em distintas nações. 

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista de Estudos AntiUtilitaristas e PosColoniais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Creative Commons CC Atribuição Não comercial, sem derivação 4.0.