Escuelas Clásicas del Pensamiento Antropológico | Eduardo Restrepo

Dana Milena Chávarro Bermeo

Resumo


O livro Escuelas clássicas del pensamiento antropológico (2016) constitui uma síntese da importante contribuição do colombiano Eduardo Restrepo a revisão apropriada do pensamento antropológico numa linha de reflexão onde se cruzam os estudos culturais, a crítica descolonial e o pensamento antiutilitarista. O autor é doutor em antropologia pela Universidade da Carolina do Norte - Chapel Hill, fundador da Rede de Antropologias do Mundo (RAM), é presidente da Associação Latino-americana da Antropologia (ALA), integrante do Centro do Pensamento Latino-americano Raiz-AL e coordenador do Grupo de Pesquisa dos Estudos Culturais e do Centro de Estudos Afrodescendentes da Universidade Javeriana (Bogotá-Colômbia). A produção cultural do autor está situada nas seguintes áreas de pesquisa: teoria social contemporânea, antropologias do mundo, estudos culturais, políticas de representação e articulações étnico-raciais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista de Estudos AntiUtilitaristas e PosColoniais



Creative Commons CC Atribuição Não comercial, sem derivação 4.0.