Conflitos fundiários e étnicos entre Pataxó e 'sem-terra' no extremo sul da Bahia

José Luís C. Silva

Resumo


Este texto trata da disputa por áreas de terra, em Prado/BA, envolvendo as TIs Águas Belas e Corumbauzinho e os assentamentos do MST Três Irmãos e Corumbau. Estes conflitos são percebidos como processos que definem limites políticos, econômicos e sociais, em suma, a diferenciação interna do campesinato. As áreas são disputadas, também, por donos ou herdeiros de fazendas tituladas pelo estado da Bahia e posseiros que construíram benfeitorias. Assim como, estes conflitos são mediados por agentes de agencias governamentais e não governamentais. A posição e as tomadas de posição de todos estes agentes possuem significados para a territorialização Pataxó no Monte Pascoal e os conflitos étnicos e fundiários gerados no seu processo identitário.

Palavras – chaves: Pataxó; etnicidade; diferenciação interna do campesinato; territorialização; conflitos e políticas públicas.Abstract:This paper`s subject as the dispute for land areas, in Prado/BA, involving the reserves Águas Belas and Corumbauzinho, the MST occupation Três Irmãos and Corumbau. These conflicts are considered processes that define politics, economical and social boundaries, in other words, the peasant internal differentiation.These areas are disputed by land owner (or their heirs) titled by the state of Bahia and the inhabitants who accupied abd made improvements on the area.Thus that conflicts are mediated for agents de governmental and non-governmental agencies. The position and the decisions of all agents are meaningful for the Pataxó territorialism and the ethnic and land conflicts generated in the elapsing of the identity process

Key words: Pataxó; ethnicity; peasants internal differentiation; territorialism; conflicts and public policies.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista ANTHROPOLÓGICAS
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE - Brasil
Tel.: (55) (81) 2126-8286 | Fax: (55) (81) 2121-8282
E-mail: anthropologicas@ufpe.br