À sombra da Jurema: a tradição dos mestres juremeiros na Umbanda de Alhandra

Sandro Guimarães Salles

Resumo


O presente trabalho versa sobre o culto da Jurema em Alhandra
(município localizado no litoral sul da Paraíba), tendo como principal objetivo compreender o encontro entre esta tradição, que remonta aos índios da antiga aldeia Aratagui, e a Umbanda, cuja
expansão acompanha a burocratização das instituições religiosas no
Estado. No contexto do ‘novo’ culto, a Jurema será  submetida a
uma reinterpretação mitológica e ritual. Estas mudanças, contudo,
não ocorreram de modo passivo, mas dentro de um processo dinâ-
mico e dialético. Assim, procuramos mostrar, a partir dos relatos
dos seus protagonistas, a importância, na configuração dos atuais
cultos umbandizados, desta tradição, que fez de Alhandra referência
maior do culto para os juremeiros nordestinos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista ANTHROPOLÓGICAS
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE - Brasil
Tel.: (55) (81) 2126-8286 | Fax: (55) (81) 2121-8282
E-mail: anthropologicas@ufpe.br