Da favela à comunidade: Formas de classificação e identificação de populações no Rio de Janeiro

João Paulo M. Castro

Resumo


A proposta deste texto é coligir alguns elementos necessários para pensar as inter-relações entre a produção de saberes, os dispositivos de demarcação de populações e as práticas administrativas no que se refere às relações com o que se convencionou denominar de “favelas”. O exercício do poder da administração pública e privada sobre as populações faveladas, e sobre os espaços das favelas, é o objeto de análise deste texto.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista ANTHROPOLÓGICAS
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE - Brasil
Tel.: (55) (81) 2126-8286 | Fax: (55) (81) 2121-8282
E-mail: anthropologicas@ufpe.br