Olhos Miúdos e Olhos Graúdos em Massacará: a ideologia étnica

Edwin B. Reesink

Resumo


O texto procura etnografar a terminologia, as identificações e as relações entre caboclos e portugueses, maneira como se denominam regularmente os dois lados em oposição, às vezes conhecidos como índios e civilizados. A etnografia versa sobre o povo indígena Kaimbé no sertão noroeste da Bahia, em Massacará (município de Euclides da Cunha), para o ‘tempo etnográfico’ de 1976-7. A questão básica concerne a como se relacionam a identificação de si, a identificação pelos outros e o critério de pertencimento étnico pela descendência. Discute-se, então, a partir do fato de ter havido e haver bastantes casamentos interétnicos, se os filhos dos casamentos mistos têm certa margem de manobra em escolher a que lado querem pertencer.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista ANTHROPOLÓGICAS
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE - Brasil
Tel.: (55) (81) 2126-8286 | Fax: (55) (81) 2121-8282
E-mail: anthropologicas@ufpe.br