Diáspora e negociações de família, gênero e geração

Liana Lewis

Resumo


A dinâmica diaspórica, aquela que significa um deslocamento geográfico
forçado e de longa duração, mais do que uma mutação espacial
concreta implica em rupturas e reconfigurações sociais e culturais.
Tais mudanças apontam para a necessidade e possibilidade de
indivíduos e comunidades afirmarem, ao mesmo tempo em que
refazem aspectos estruturais de suas vidas. O presente artigo tem
como proposta analisar, através de trabalho etnográfico, como
crianças refugiadas na Inglaterra tiveram suas vidas redimensionadas
no que diz respeito à dinâmica/estrutura familiar, bem como às
questões de gênero e geração. Partindo do princípio de que crianças
são sujeitos ativos, constantemente dando sentindo às suas vidas
através de uma interação com discursos e práticas sociais, suas
vozes têm lugar privilegiado ao longo do texto.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista ANTHROPOLÓGICAS
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE - Brasil
Tel.: (55) (81) 2126-8286 | Fax: (55) (81) 2121-8282
E-mail: anthropologicas@ufpe.br