O direito do pesquisador e a lei: Uma exploração antropológica e jurídica da relação entre o saber, o dizer e o fazer no campo da pesquisa etnográfica

Anna Cruz de A. P. Silva, Hilton P. Silva

Resumo


Ao lidar com eventos sócio-culturais, o antropólogo depara-se
com questões que envolvem desde a confiança dos seus informantes
até as implicações legais de suas declarações. Neste artigo, através
de um estudo de caso, fazemos algumas explorações sobre a
relação entre o direito do pesquisador de analisar e disseminar
informações e sua responsabilidade jurídica perante a sociedade,
em função de sua escolha da forma de apresentar resultados de
pesquisas. Esta abordagem tem especial relevância dado ao caráter dialógico do discurso etnográfico, frequente objeto de estudo e
interpretação na Antropologia, e cujas potenciais repercussões
dentro e fora das comunidades estudadas nem sempre recebem a
devida atenção dos investigadores.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista ANTHROPOLÓGICAS
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE - Brasil
Tel.: (55) (81) 2126-8286 | Fax: (55) (81) 2121-8282
E-mail: anthropologicas@ufpe.br