Sob o Signo da Infância: O retrato fotográfico e seus sentidos simbólicos sobre a aristocracia açucareira em Pernambuco do século XIX

Georgia Andrade Quintas

Resumo


O presente artigo aborda o gênero do retrato fotográfico e sua dimensão simbólica sobre as crianças da sociedade aristocrática açucareira de Pernambuco no século XIX e início do XX. A partir de investigação iconográfica nos fundos fotográficos da Fundação Joaquim Nabuco (Recife/PE), discutimos alguns aspectos sócio-culturais inerentes às narrativas visuais. Neste sentido, o registro fotográfico apresentado nos álbuns de família permite uma refle-xão sobre o caráter simbólico da vida privada e seus sentidos culturais no âmbito das representações sociais e de recomposição da memória histórica que sublinham as fotografias pesquisadas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista ANTHROPOLÓGICAS
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE - Brasil
Tel.: (55) (81) 2126-8286 | Fax: (55) (81) 2121-8282
E-mail: anthropologicas@ufpe.br