Brasil: as mulheres pentecostais entre ‘combate’ e ‘libertação’

Marion Aubrée

Resumo


Ao longo dos quarenta últimos anos o lugar feito a mulher no pentecostalismobrasiieiro foi se transformando e permitiu aos pesquisadoresregistrar o surgimento de mulheres líderes num sistemasimbólico que tendía, nos seus primeiros momentos, á favorecer opoderío dos homens. Porém, incentivadas pela propria representaçãoimaginaria de mulheres ‘combatentes’, varias delas ganaramespaço na corrente pentecostal, em quanto líderes religiosas oulíderes políticas. Esse texto analisa o percurso individual de quatrodessas mulheres para pôr em evidência os elementos idiosincráticose socio-culturais que levaram cada uma dela no lugar queocupa na atualidade. Um dos resultados da análise é que, apartirde uma mesma adesão religiosa, quem vem das classes mais pobrestende a procurar poder na esfera política e quem vem das classesmedias se projeta mais na esfera pública através de um poderíocarismático.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista ANTHROPOLÓGICAS
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE - Brasil
Tel.: (55) (81) 2126-8286 | Fax: (55) (81) 2121-8282
E-mail: anthropologicas@ufpe.br