Música e Festa na Perspectiva das Quadrilhas Juninas de Recife

Hugo Menezes Neto

Resumo


Neste artigo apresento e analiso dados etnográficos sobre as quadrilhas juninas de Recife-PE tomando a dimensão musical da experiência festiva dos seus integrantes como referencial para apreensão antropológica de suas convenções estéticas e conceituais, classificações, práticas e discursos. Desse modo, reflito sobre como a categoria tradição ordenou sucessivas composições estéticas e como ela incide na ritualização da relação campo-cidade instaurada pelas festas juninas e manifestada artisticamente pelas quadrilhas. Para pensar o binômio música e festa da perspectiva desse mundo social, o trabalho atende a duas esferas de análise: a história das quadrilhas juninas do Recife e a sua dinâmica de produção e competição.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista ANTHROPOLÓGICAS
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE - Brasil
Tel.: (55) (81) 2126-8286 | Fax: (55) (81) 2121-8282
E-mail: anthropologicas@ufpe.br