Crime e loucura: estudo sobre a medida de segurança no Distrito Federal

Érica Quinaglia Silva, Marília Calegari

Resumo


A medida de segurança é uma sentença aplicada a pessoas consideradas loucas e criminosas pela Justiça. A realização desta pesquisa quanti-qualitativa, mediante a análise de processos e prontuários, permitiu conhecer o perfil sócio-demográfico dessa população no Distrito Federal. 81% eram solteiras, 85% eram negras, 61% tinham o Ensino Fundamental Incompleto e 45% eram trabalhadoras dos serviços, vendedoras do comércio em lojas e mercados. Ademais, 27% tinham transtornos mentais e comportamentais devidos ao uso de álcool e outras drogas. Quanto aos crimes, 38% foram cometidos contra o patrimônio. Finalmente, 3% tinham a data de extinção da sentença expirada. A noção de periculosidade associada a elas perpetua o enclausuramento em hospitais-presídios. Conhecê-las enseja desconstruir preconceitos e revisitar a política de saúde mental.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista ANTHROPOLÓGICAS
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE - Brasil
Tel.: (55) (81) 2126-8286 | Fax: (55) (81) 2121-8282
E-mail: anthropologicas@ufpe.br