O Ensino de Antropologia na Capacitação de Educadoras/es: experiências subjetivas em processo

Elisete Schwade, Rozeli Porto

Resumo


Esse texto traz reflexões construídas em situações de ensino de Antropologia na formação de professoras/es. No diálogo oportunizado em aulas de Antropologia, ministradas em cursos de formação, chama à atenção as interpelações subjetivas produzidas na discussão de temas
relacionados à religiosidade, família, gênero, sexualidade, violência entre outros. A partir da contextualização dessas experiências, o recorte que escolhemos abrange as educadoras/professoras, seu envolvimento com a Educação e, sobretudo, a contextualização
de suas atividades em um cotidiano e em experiências partilhadas com os alunos, para além dos limites da sala de aula e dos muros da escola. Assim, argumentamos que é necessário perceber os múltiplos contextos que se entrelaçam no universo da escolarização: alunos
cujas realidades socioculturais, alertamos, devem ser consideradas, desafiam professoras/es a refletir sobre aspectos subjetivos de suas experiências partilhadas. A reflexão está situada no campo da discussão temática sobre gênero, diversidade e educação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista ANTHROPOLÓGICAS
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE - Brasil
Tel.: (55) (81) 2126-8286 | Fax: (55) (81) 2121-8282
E-mail: anthropologicas@ufpe.br