Judeus no Espiritismo e na Umbanda: De entidades a adeptos

Alex Minkin

Resumo


Este artigo busca examinar a interação entre as culturas judaica e brasileira, por meio das lentes do espiritismo e umbanda, bem como as atitudes dos judeus brasileiros para essas religiões. Espíritos judeus de rebeldes, sábios e prostitutas, têm seu lugar particular entre as entidades da umbanda. Nela são encontrados rebeldes judeus que resistiram à opressão das religiões dominantes, os rabinos que invocavam forças místicas da cabala e as prostitutas judias polonesas que ofereciam conselhos sobre assuntos amorosos em iídiche. Cada um desses personagens pode ser atribuído a um contexto histórico específico de imigração judaica para o Brasil: os cristãos-novos portugueses dos séculos XVI e XVII; judeus marroquinos do final do século XIX e os judeus do leste europeu do século XX. O espiritismo também tem algumas entidades relacionadas com a imigração judaica. Na última parte o artigo examina várias razões pelas quais os judeus brasileiros escolhem praticar espiritismo e umbanda.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista ANTHROPOLÓGICAS
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE - Brasil
Tel.: (55) (81) 2126-8286 | Fax: (55) (81) 2121-8282
E-mail: anthropologicas@ufpe.br