Kretyen sou aparans: diferenciação e processos morais entre evangélicos no Haiti

Mézié Nadège

Resumo


Quem é evangélico “de verdade” e quem é só “de aparência”? Neste texto, descrevo e analiso processos morais entre evangélicos de uma mesma igreja, numa comunidade rural do sudoeste do Haiti, onde a verdade da fé de cada um é colocada sob suspeita. Na malha de relações mediadas por uma missão norte-americana, o fogo-cruzado de acusações entre fiéis revela disputas por poder, competição por superioridade moral e uma maneira de exprimir as preocupações morais que não toma a forma da autoreflexividade e da culpabilidade tão comum em contextos protestantes. O pecado está nos outros, e acusá-los não deixa de ser uma ocasião para afirmar a sua própria virtude.  


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista ANTHROPOLÓGICAS
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE - Brasil
Tel.: (55) (81) 2126-8286 | Fax: (55) (81) 2121-8282
E-mail: anthropologicas@ufpe.br