A formulação da literatura e identidade brasileira na crítica literária de José de Alencar (1856 – 1865)

Alexsandro da Rosa Menez

Resumo


Esse artigo tem como proposta analisar o desenvolvimento da ideia de identidade brasileira elabora no campo literário. Para isso, dirigimos nosso exame para escritor José de Alencar demonstrando sua importante contribuição para a concretização da nacionalidade brasileira que vinha sendo gestada desde os primeiros escritores românticos, como os literatos em torno da revista Nitheroy, lançada em Paris no ano de 1836.


Palavras-chave


Literatura e História; José de Alencar; Identidade Brasileira; Nacionalismo

Texto completo:

PDF

Referências


ACTON, Lord. Nacionalidade. In: BALAKRISHNAN, G. (Org.). Um mapa da questão nacional. Rio de Janeiro: Contraponto, 2000, pp.23-43.

ALENCAR, José de. A polêmica sobre “A Confederação dos Tamoios”. José Aderaldo Castello (org.). São Paulo: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras / USP, 1953.

ALENCAR, José. Carta ao Dr. Jaguaribe. In: Iracema: lenda do ceará. Rio de Janeiro: Typ. de Viana & Filhos, 1865. (acessado em 10/02/2016). (Exemplar pertente a Biblioteca Brasiliana e Guita José Mindlin. Disponível em: http://www.brasiliana.usp.br/handle/1918/00178300

ALENCAR, José. Iracema: lenda do Ceará. Rio de Janeiro: José Olympio, 1957.

ALENCAR, José. O Guarani: romance brasileiro. Rio de Janeiro: José Olympio, 1957.

ALENCAR, Heron de. “José de Alencar e a Ficção Romântica”. In: A Literatura no Brasil. (dir. Afrânio Coutinho, co-dir. Eduardo Coutinho). 5ª ed. rev. E atual. São Paulo: Global, 1999.

ANDERSON, Benedict. Comunidades imaginadas: reflexões sobre a origem e a difusão do nacionalismo. [Trad. Denise Nottman]. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

BAUER, Otto. A Nação. In: Um Mapa da Questão Nacional. Gopal Balakrishnan (org.). Rio de Janeiro: Contraponto, 2000. p.45-84.

BREUILLY, John. Abordagens do nacionalismo. In: Um mapa da questão nacional. Glopal Balakrishnan (org.). Rio de Janeiro, 2000.

BOSI, Alfredo. História Concisa da Literatura Brasileira. São Paulo: Editora Cultrix, 1970.

BOUTERWEK, Friedrich. História da poesia e eloquência portuguesa. In: Guilhermino Cesar. Historiadores e críticos do romantismo: a contribuição européia, crítica e história literária. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos; São Paulo: Editora da universidade de São Paulo, 1978. [1805]

CANDIDO, Antonio. Formação da literatura brasileira: momentos decisivos. 6 ed. Belo Horizonte: Editora Itatiaia, 2000.

CANDIDO, Antonio. Formação de literatura brasileira: momentos decisivos. Vol. II. 5. ed. da Universidade de São Paulo, 1975.

CANDIDO, Antonio. Letras e ideias no período colonial. In: Literatura e Sociedade: estudos de Teoria e História Literária. 11ª ed. Rio de Janeiro: Ouro Sobre Azul, 2010, p.117-148.

CARDOSO, Ciro Flamarion. A crise do colonialismo luso na América portuguesa 1750/1850. In: LINHARES, Maria Yeda (org.). História geral do Brasil. 6. ed.atual. Rio de Janeiro : Campus, c1996.

CASTELLO, Aderaldo. José. A Literatura Brasileira: Origens e Unidade (1500-1960). São Paulo: Editora da USP, 1999.

CESAR, Guilhermino. Historiadores e críticos do romantismo – 1: a contribuição europeia, crítica e história literária. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos; São Paulo: Editora da USP, 1978.

CESAR, Temístocles. Como deveria ser escrita a história do Brasil no século XIX. Ensaio de história intelectual. In: Sandra Jatahy Pesavento (org.) et al. História Cultural: experiências de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2003.

CHABOD, Federico. La Idea de Nación. Mexico: Fondo de Cultura Económica, 1997.

COUTINHO, Afrânio. Introdução à Literatura no Brasil. 4ª ed. Rio de Janeiro: Livraria São José, 1968.

DENIS, Ferdinand. Resumo da história literária do Brasil. In: Guilhermino Cesar. Historiadores e críticos do romantismo: a contribuição européia, crítica e história literária. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos; São Paulo: Editora da universidade de São Paulo, 1978. [1826]

GARRETT, João Batista Leitão de Almeida. Bosquejo da história da poesia e língua portuguesa. In: ZILBERMAN, Regina; MOREIRA, Maria Eunice. O berço do cânone. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1998. [1826]

GUIMARÃES, Manoel Luis Salgado. Nação e Civilização nos Trópicos: O Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e o Projeto de uma História Nacional. Revista Estudos Históricos. Rio de Janeiro, n. 1, 1988, p. 5-37. http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/1935/1074 (acessado em 10/02/2016).

HOBSBAWM, Eric. Nações e nacionalismos desde 1780: programa, mito e realidade. [Trad. Maria Celia Paoli, Anna Maria Quirino]. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.

KEDOURIE, Elie. Nacionalismo. Madrid: Centro de Estudios Contitucionales, 1988.

KOHN, Hans. El nacionalismo: su significado y su historia. Buenos Aires: Paidós, 1966.

MAGALHÃES, Domingos José Gonçalves de. Ensaio sobre a história da literatura do Brasil. Caderno do Centro de Pesquisas Literárias da PUCRS, Porto Alegre, v. 5, n. 2, ago. 1999.

PALTI, Elias. La nación como problema: Los historiadores y la “cuestión nacional”. Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica, 2006.

PAMPLONA, Marco A.; DOYLE, Don H. Nacionalismo no Novo Mundo: a Formação de Estados Nação no Século XIX. São Paulo: Record, 2008.

RENAN, Ernest. Que es una nacion? Buenos Aires: Hydra, 2000.

RICUPERO, Bernardo. O romantismo e a idéia de nação no Brasil (1830-1870). São Paulo: Martins Fontes, 2004.

SMITH, Anthony D. Historia nacional e voluntad popular: el legado de Ernest Renan. In: RENAN, Ernest. Que es una nacion? Buenos Aires: Hydra, 2000, p. 9-27.

SMITH, Anthony D. Identidade Nacional. Lisboa: Gradiva, 1997.




DOI: https://doi.org/10.22264/clio.issn2525-5649.2016.34.1.do.141-162

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 .

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores:

                    

                                   

 

eISSN: 2525-5649  Av. da Arquitetura, s/n CFCH-10°Andar, CDU - Recife-PE - CEP: 50740-550 Fone:+55(81)2126-8292  editorclio@gmail.com

                                                                                                                                                                         desde 20. Set. 2018  Contador de visitas