O esgotamento profissional na enfermagem: uma análise da produção científica de teses e dissertações

Mateus Estevam Medeiros-Costa, Regina Heloísa Maciel, Denise Pereira Rêgo, Maria Eliziane Pinto Silva, Lucimar Lucas Lima, Nicelha Maria Guedes Santos

Resumo


RESUMO

Objetivo: analisar a produção científica de teses e dissertações brasileiras sobre a síndrome do Esgotamento Profissional (EP) na enfermagem. Método: revisão integrativa, com vista a responder à questão norteadora << Como se caracteriza a produção científica das teses e dissertações brasileiras sobre o esgotamento profissional na enfermagem? >>. As fontes consultadas foram a Biblioteca Digital de Teses e Dissertações e o Banco de Teses da CAPES. Resultados: foram analisadas oito teses e 22 dissertações brasileiras. A maioria das pesquisas sobre o tema foi realizada em hospitais, caracterizando-se como sendo estudos de prevalência, de natureza quantitativa. No geral, foram encontrados índices baixo-moderados de exaustão emocional e despersonalização, e uma realização pessoal moderada-alta. Conclusão: a enfermagem é uma atividade desgastante que merece ser mais explorada, pondo em voga a estreita relação entre a organização e condições de trabalho e o esgotamento profissional. Descritores: Esgotamento Profissional; Saúde do Trabalhador; Enfermagem; Revisão por Pares.

ABSTRACT

Objective: to analyze the scientific production of Brazilian theses and dissertations on the syndrome of professional exhaustion (PE) in nursing. Method: this is an integrative review to answer the guiding question << How is the scientific production of Brazilian theses and dissertations characterized about professional exhaustion in nursing? >>. The sources consulted were the Digital Library of Theses and Dissertations and the Bank of Theses of CAPES. Results: there were eight theses and 22 Brazilian dissertations analyzed. Most of the research on the subject was performed in hospitals, characterized as prevalence studies of a quantitative nature. Overall, low-moderate rates of emotional exhaustion and depersonalization and moderate to high personal accomplishment were found. Conclusion: Nursing is an exhausting activity that deserves to be explored, putting into vogue the close relationship between organization and working conditions and professional exhaustion. Descriptors: Burnout, Professional; Occupational Health; Nursing; Peer Review.

RESUMEN

Objetivo: analizar la producción científica de tesis y disertaciones brasileñas sobre el síndrome del agotamiento profesional (EP) en la enfermería. Método: revisión integradora, para responder la pregunta guiadora << ¿Cómo se caracteriza la producción científica de las tesis y disertaciones brasileñas sobre el agotamiento profesional en la enfermería? >>. Las fuentes consultadas fueron la Biblioteca Digital de Tesis y Disertaciones y el Banco de Tesis de CAPES. Resultados: fueron analizadas ocho tesis y 22 disertaciones brasileñas. La mayoría de las investigaciones sobre el tema fue realizado en hospitales, caracterizándose como siendo estudios de prevalencia, de naturaleza cuantitativa. En general, fueron encontrados índices bajo-moderados de agotamiento emocional y despersonalización y una realización personal moderada-alta. Conclusión: la enfermería es una actividad desgastante que merece ser más explotada, poniendo en boga la estrecha relación entre la organización y condiciones de trabajo y el agotamiento profesional. Descriptors: Agotamiento Profesional; Salud Laboral; Enfermería; Revisión por Expertos.


Palavras-chave


esgotamento profissional; saúde do trabalhador; enfermagem; revisão.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v11i4a15272p1731-1744-2017



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios