INTERNAÇÕES POR DIARREIA EM CRIANÇAS MENORES DE CINCO ANOS

Leandro Cardozo dos Santos Brito, Haylla Simone Almeida Pacheco, Bianca Stéfany Aguiar Nascimento, Walana Érica Amâncio Sousa, Ariel de Sousa Melo, Hayla Nunes da Conceição, Izabel Cristina da Silva Carvalho, Rômulo Dias Moreira

Resumo


Objetivo: descrever as características epidemiológicas das internações hospitalares por doenças diarreicas agudas em crianças menores de cinco anos de idade no estado do Piauí. Método: estudo quantitativo, descritivo, ecológico, de séries temporais, sobre internações hospitalares por doenças diarreicas agudas em crianças menores de cinco anos, ocorridas no estado do Piauí entre 2010 e 2019. Os dados foram coletados através do Sistema de Informações Hospitalares e analisados por meio da estatística descritiva. Resultados: foram observadas 21.805 internações hospitalares por doenças diarreicas em menores de 5 anos, entre os anos de 2010 a 2019 no Piauí. As internações foram mais prevalentes na faixa etária entre 1 e 4 anos (76,9%), no sexo masculino (52,3%) e na cor parda (52,5%). Picos foi a cidade com mais internações do Piauí (11,4%) e o mês de janeiro foi o que apresentou o maior número de casos (12%). Conclusão: o número de internações hospitalares diminuiu consideravelmente ao longo dos últimos dez anos, contudo, é necessário a adoção de cuidados redobrados principalmente no período chuvoso.


Palavras-chave


Diarreia; Diarreia Infantil; Hospitalização; Criança; Epidemiologia; Saúde Pública.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Wasum FD, Jantsch LB, Da Silva E, Rubert R, Da Silva J. Prevalência de internações hospitalares por diarreia e gastroenterite em menores de um ano. Braz. J. Hea. Rev. 2018; 2(1):99-105. Available from: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BJHR/article/view/854/730.

Luchs A, Timenetsky MCST. Gastroenterite por rotavírus do grupo A: era pós-vacinal, genótipos e transmissão zoonótica. Einstein. 2016;14(2):278-87. Doi: 10.1590/S1679-45082016RB3582.

Fuckner M, Abilio CJO, Gurgel H, Barcellos C, Durieux L. Análise dos padrões espaço-temporais das internações por diarreia e do clima nas capitais brasileiras. Confins. Revue franco-brésilienne de géographie/Revista franco-brasilera de geografia. 2019; 42: 01-18. Doi:10.4000/confins.23297.

Gomes LO, Matos HJ, Silvs MCM, Loureiro ECB, Mascarenhas JDP, Gabbay YB, Rocha DCC. Aspectos epidemiológicos das enteroinfecções bacterianas em menores de 5 anos de idade em Rio Branco, estado do Acre, Brasil. Revista Pan-Amazônica de Saúde. 2017; 8(4):9-9. Doi: 10.5123/S2176-62232017000400008.

Morais Jr SLA, Menis EAL, Passos VCS, Neves LO, Quezadas AC. A evolução histórica do calendário vacinal brasileiro infantil. Rev enfermagem atual. 2018; 85. Doi: http://dx.doi.org/10.31011/1519-339X.2018a18n85.09.

Justino MCA, Campos EMNA, Mascarenhas JDP, Soares LS, Soares SGR, Soares TS, et al. Detecção de antígenos de rotavírus no soro de crianças hospitalizadas por gastroenterite aguda em Belém, Estado do Pará, Brasil. Revista Pan-Amazônica de Saúde. 2016; 7(ESP):153-158. Doi: 10.5123/S2176-62232016000500017.

Oliveira RMC, Gomes ILV, Couto CS, Albuquerque CDM, Siebra AV, Vasconcelos MGF. Práticas maternas de cuidado domiciliar à criança com diarreia e pneumonia. CIAIQ2018. 2018; 2. Available from: https://proceedings.ciaiq.org/index.php/ciaiq2018/article/view/1869/1819.

Oliveira BSB, Oliveira RKL, Bezerra JC, Melo FMS, Monteiro FPM, Joventino ES. Condições sociais e condutas maternas na prevenção e manejo da diarreia infantil. Cogitare Enfermagem, 22(4). Doi: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v22i4.50294.

Brasil. Ministério da Saúde. Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS). Sistema de Informações Hospitalares do SUS [Internet]. 2020. Available from: https://datasus.saude.gov.br/acesso-a-informacao/morbidade-hospitalar-do-sus-sih-sus/.

Conselho Nacional de Saúde (Brasil). Resolução n o 466, de 12 de dezembro de 2012. Brasília, 2012. Available from: http://www.conselho.saude.gov.br/web_comissoes/conep/index.html.

Burnett E, Tate JE, Kirkwood CD, Nelson EAS, Santosham M, Steele AD, Parashar UD. Impacto estimado da vacina contra rotavírus em hospitalizações e mortes por diarréia por rotavírus em crianças <5 na Ásia. Rev especialista Vaccin. 2018; 17 (5): 453–60. Doi: https://doi.org/10.1080/14760584.2018.1443008.

Lai J, Nguyen C, Tabwaia B, et al. Declínio temporal dos episódios de diarréia e mortalidade em crianças Kiribati dois anos após a introdução da vacina contra rotavírus, apesar das altas taxas de desnutrição: uma revisão retrospectiva. BMC Infect Dis. 2020; 20: 207. Doi: https://doi.org/10.1186/s12879-020-4874-6.

Vasconcelos MJOB, Rissin A, Figueiroa JN, Lira PIC, Batista Filho M. Fatores associados à diarreia em menores de cinco anos, no estado de Pernambuco, segundo inquéritos realizados em 1997 e 2006. Rev Saude Publica. 2018;52:48. Doi: https://doi.org/10.11606/S1518-8787.2018052016094.

Pereira JR, Rodrigues NLA, Bouillet LEM. Diarreia infantil: avaliação dos cuidados maternos na prevenção e tratamento. Rev. Enferm. UFPI [internet]. 2019 [acesso em: 24 Jun 2020]; 8(4): 11-7. Disponivel em: https://doi.org/10.26694/2238-7234.8411-17.

M. Vrdoljak et al. Distribution of rotavirus genotypes in three Croatian regions

among children 5 years of age (2012–2014). International Journal of Infectious Diseases. 2019; 89: 3–9. Doi: https://doi.org/10.1016/j.ijid.2019.09.008.

Vallim CA, Santos CCA, Melo ED. Correlação entre qualidade da água e casos de diarreia em um município do sul de Minas. Semioses. 2018;12(4): 25-37. Doi: https://doi.org/10.15202/1981996x.2018v12n4p25

Oliveira HM, Gomes KRB, Ferreira CRS, Nascimento VB, Dias WWDS. Doença diarreica aguda em menores de 5 anos em um hospital da fronteira do Brasil. Revista científica del Amazonas. 2020; 3(5), 32-42. DOI: https://doi.org/10.34069/RC/2020.5.03.

Duarte JL, Diaz-Quijano FA, Batista AC, Duarte AF, Melchior LAK, Giatti LL. Variabilidade climática e internações por doenças diarreicas infecciosas em um município da Amazônia Ocidental brasileira. Ciência & Saúde Coletiva, v. 24, p. 2959-2970, 2019. Doi: 10.1590/1413-81232018248.21232017.




DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963.2021.246672



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios