TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS NA MONITORIA ACADÊMICA DE FISIOLOGIA HUMANA E BIOFÍSICA NA GRADUAÇÃO DE ENFERMAGEM

Paulo Victor Avelino Monteiro, Maria Luiza Pereira Costa, Raiany Stephanie Pinho Menezes, Geraldo Lucas Alves Monte, Glauber Cruz Lima

Resumo


Objetivo: Relatar a experiência dos discentes da graduação em enfermagem da Universidade Estadual do Ceará (UECE) acerca do uso de tecnologias educacionais na monitoria acadêmica de Fisiologia Humana e Biofísica. Método: Trata-se de um relato de experiência, de caráter descritivo, vivenciado por monitores da disciplina de Fisiologia Humana e Biofísica de uma Instituição de Ensino Superior do munícipio de Fortaleza-CE, no período de janeiro de 2019 a maio de 2020, com aproximadamente 110 estudantes de enfermagem. Resultados: Inspirados pelo modelo freireano, os monitores utilizaram três metodologias alternativas e ativas durante as monitorias: jogos, uso de imagens (projetadas) ilustrando o conteúdo do texto e confecção de estudos dirigidos. Tais tecnologias demonstraram ser instrumentos úteis no desenvolvimento de habilidades fundamentais para o percurso da graduação e para o mercado de trabalho, como liderança, trabalho em equipe, busca ao conhecimento, pensamento crítico e resolução de problemas. A partir do uso das tecnologias educacionais na monitoria acadêmica, os monitores desenvolvem autonomia, discernimento e proatividade necessários ao perfil formativo do enfermeiro. Conclusão: Observou-se que os estudantes se mostraram mais participativos e satisfeitos durante as monitorias e que os monitores puderam desenvolver habilidades relevantes para a docência.


Palavras-chave


Educational technology; Nursing Education; Academic Monitoring; Tecnologia Educacional; Educação em Enfermagem; Monitoria Acadêmica.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Andrade EGR, Rodrigues ILA, Nogueira LMV, Souza DF. Contribuição da monitoria acadêmica para o processo ensino-aprendizagem na graduação em enfermagem. Rev. Bras. Enferm. [Internet]. 2018 [Citado 2020 Jun 09]; 71(Suppl 4): 1596-1603. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0034-7167-2017-0736.

Brasil. Lei nº 5.540 de 28 de novembro de 1968. Reforma Universitária. Diário Oficial da União 29 nov 1968; 152(7):1. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1960-1969/lei-5540-28-novembro-1968-359201-normaatualizada-pl.pdf

Fernandes J, Abreu TA, Dantas AJL, Silva AMS. Influência da monitoria acadêmica no processo de ensino e aprendizagem da psicologia. Rev. Clínica & Cultura [Internet]. 2016 Jul/Dez [Citado 2020 Jun 09]; 2(1): 36-43. Disponível em: https://seer.ufs.br/index.php/clinicaecultura/article/view/5650

Hall JE, Guyton AC. Guyton & Hall tratado de fisiologia médica. 13th ed. Rio de Janeiro: Elsevier; 2017.

Conselho Nacional de Educação (Brasil). Resolução CNE/CES 3/2001. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Enfermagem. Diário Oficial da União 09 nov 2001; Seção 1. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES03.pdf

Pissaia LF, Costa AEK, Rehfeldt MJH, Moreschi C. Tecnologia educacional no processo de formação de enfermeiros. Rev. Cinergis [Internet]. 2017 Jul/Set [Citado 2020 Jun 09]; 18(3):185-189. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/cinergis/article/view/8865

Menezes JBF, Mota FDL. O uso das tecnologias educacionais durante o exercício da monitoria acadêmica em curso de ciências biológicas. Rev. Bras. de Iniciação Científica [Internet]. 2019 Jan/Mar [Citado 2020 Jun 09]; 6(1):96-108. Disponível em: https://periodicos.itp.ifsp.edu.br/index.php/IC/article/view/1176/995

Gitahy RRC, Silva JP, Terçariol AAL. O uso das tecnologias de informação e comunicação aplicadas como tecnologia assistiva na construção do conhecimento dos alunos com deficiência visual que frequentam as salas de recursos multifuncionais. Rev. Ibero-Americana de Estudos em Educação [Internet]. 2016 Jan/Mar [Citado 2020 Jun 09]; 11(1): 111-130. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/8213/5701

Paiva MRF, Parente JRF, Brandão IR, Queiroz AHB. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem: revisão integrativa. Rev. Sanare [Internet]. 2016 jun/dez [Citado 2020 Jun 09]; 15(2):145-153. Disponível em: https://sanare.emnuvens.com.br/sanare/article/view/1049

Castro ALS, Figueira FMS. O jogo de tabuleiro como ferramenta de aprendizagem centrada nos estudantes. In: Garcês BP. Aprendizagem Centrada nos Estudantes em Sala de Aula. Uberlândia: Edibrás; 2019. p. 193-198.

Rocha SL. Ferramentas digitais: uma aplicação tecnológica por meio de tecnologias ativas no ensino técnico. In: Garcês BP. Aprendizagem Centrada nos Estudantes em Sala de Aula. Uberlândia: Edibrás; 2019. p. 193-198.

Tavares JS, Oliveira FR, Maia CMAFG, Rodrigues WFG. Contribuições da monitoria de anatomia humana na formação acadêmica de estudantes de enfermagem: relato de experiência. Rev. enferm. UFPE on line [Internet]. 2017 Ago [Citado 2020 Jun 09]; 11(8):3176-3179. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/110225

Roman C, Ellwanger J, Becker GC, Silveira AD, Machado CLB, Manfroi WC. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem no processo de ensino em saúde no Brasil: uma revisão narrativa. Clin. Biomed. Res. [Internet]. 2017 [Citado 2020 Jun 09]; 37(4):349-357. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/hcpa/article/view/73911/pdf

Libâneo JC. Didática. 2th ed. São Paulo: Cortez; 2017.

Sá EF, Quadros AL, Mortimer EF, Silva PS, Talim SL. As aulas de graduação em uma universidade pública federal: planejamento, estratégias didáticas e engajamento dos estudantes. Rev. Bras. Educ. [Internet]. 2017 jul/set [Citado 2020 Jun 09]; 22(70):625-650. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-24782017227032




DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963.2021.246959



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios