EDIFICAÇÕES NA CIDADE DE CARUARU – PE: CONDOMÍNIOS FECHADOS E AUTOCONSTRUÇÕES

Laudenor Pereira da Silva

Resumo


Graças ao crescimento vegetativo e à migração, o município de Caruaru contabilizou mais de 250 mil habitantes no último recenseamento. Obtendo altos percentuais de crescimento demográfico, os problemas habitacionais se agravam, já que os poderes públicos não conseguem dar respostas para a constante necessidade de abrigo seguro para as pessoas. Nos últimos anos, presenciamos a construção de altos edifícios que são ocupados pela classe alta da cidade. Mas, duas situações chamam mais a atenção, na atualidade: os condomínios fechados, onde a classe média busca abrigo e segurança, e as construções realizadas pelos próprios donos de terrenos em diversos loteamentos espalhados pelo município. Este trabalho se propõe a abrir a discussão sobre os tipos de habitação no município de Caruaru, analisando as aspirações e condições econômicas de seus ocupantes.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.