ANÁLISE DA COBERTURA DA TERRA EM FUNÇÃO DA PRECIPITAÇÃO MENSAL (JANEIRO E OUTUBRO DE 2006) UTILIZANDO IMAGENS CBERS PARA O MUNICÍPIO DE OURICURI-PE

Felipe José Alves de Albuquerque, José Geraldo Pimentel Neto, Josiclêda Domiciano Galvíncio

Resumo


Este trabalho tem como objetivo principal estudar a variação da cobertura vegetal no município de Ouricuri, em função da variabilidade climática mensal. Foram utilizadas imagens do satélite CBERS (Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres) no período entre janeiro e outubro de 2006. Técnicas de processamento digital de imagens e a obtenção do IVDN (Índice de Vegetação por Diferença Normalizada) foram utilizadas para a análise da cobertura vegetal. Considerando os resultados obtidos, conclui-se que entre o período chuvoso e o período seco ocorreu uma diminuição da cobertura vegetal da terra em torno de 15%. Esta informação é valiosa para o monitoramento e preservação dos recursos naturais da área, em especial dos recursos hídricos. Como a área em estudo pertence à região semi árida, acredita-se que a cobertura vegetal é significativamente alterada entre os períodos chuvoso e seco. Adicionalmente, o uso de imagens de satélite do período seco, visando analisar a degradação ambiental ou avaliar o estado de áreas em processo de desertificação, deve ser cuidadoso para regiões semi-áridas, uma vez que extensões de solo exposto durante o período seco não representam áreas degradadas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.