DETERMINAÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS FÍSICAS, CLIMÁTICAS E DA PAISAGEM DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO BRÍGIDA COM O AUXILIO DE TÉCNICAS DE GEOPROCESSAMENTO E SENSORIAMENTO REMOTO

Josiclêda Domiciano Galvíncio, Ivan Ighour Silva Sá, Magna Soelma Beserra de Moura

Resumo


As pesquisas voltadas à melhoria do monitoramento e gerenciamento dos recursos naturais em especial dos recursos hídricos tem-se tornado de interesse da comunidade científica. Um caso específico na hidrologia é a importância da área da bacia para determinação da saturação do solo e geração do escoamento superficial. As ações humanas têm alterado de forma significativa as condições naturais de diversas regiões geográficas, em especial a bacia hidrográfica do rio Brígida, sub-bacia da bacia hidrográfica do rio São Francisco. Este estudo tem como objetivo obter as características físicas com métodos de extração automática, avaliar as condições climáticas e as mudanças ocorridas na paisagem da bacia hidrográfica do rio Brígida-PE. Foram utilizados métodos e técnicas de geoprocessamento e sensoriamento remoto para caracterização fisiográfica, climática e da vegetação da bacia em estudo. Estimou-se, em época seca, para a bacia do rio Brígida uma cobertura por remanescente de caatinga, em torno de 42,68 % de sua área. Essa cobertura pode ser aumentada no período úmido, em torno de 12%. Portanto, bacia hidrográfica do rio Brigada possui aproximadamente 50% de sua área coberta por vegetação. O restante se encontra em estágio de uso, seja por agricultura de sequeiro, pela exploração predatória de madeira para o pólo gesseiro do Araripe, dentre outros. Enfim, o geoprocessamento demonstrou ser uma ferramenta que subsidia informações de forma rápida e condizente de acordo com a necessidade do estudo, como por exemplo, no âmbito da compreensão dos processos hidrológicos que ocorrem numa bacia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES