COMO O USO DO TERRITÓRIO TEM ACONTECIDO NA GESTÃO DE PROGRAMAS DE INCLUSÃO SOCIAL? AS POSSIBILIDADES ATUAIS DE USÁ-LO NO SENTIDO DA CONCRETIZAÇÃO DE UMA NOVA DINÂMICA SOCIOESPACIAL EM RECIFE/PE

Cláudio Jorge Moura de Castilho

Resumo


Este artigo discute como o uso do território tem acontecido na gestão de programas de inclusão social, destacando o seu papel na gestão de políticas públicas relativas ao trabalho, no contexto histórico-geográfico dos nossos dias. Nesta perspectiva, mostra-se o papel do espaço geográfico, como uma instância social, no processo de formulação e implementação de ações governamentais voltadas à promoção do trabalho em Recife. Compreendendo o trabalho, não apenas como o exercício de determinadas funções no mercado de trabalho, mas, ao mesmo tempo, como um processo do qual também participam mecanismos de formação ao desempenho dessas funções e à consciência da real situação de cada pessoa no mercado de trabalho e na cidade, chega-se a uma reflexão sobre a natureza sócio-filosófica da criação de novas dinâmicas sócio‑espaciais na cidade, vislumbrando perspectivas de possibilidades de se usar o espaço de modo sócio‑espacialmente conseqüente.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.