MULTINACIONAIS E ORGANIZAÇÃO ESPACIAL: O ESTUDO DE CASO DA DEL MONTE FRESH PRODUCE NO VALE DO AÇU-RN

Gleydson Pinheiro Albano, Alcindo José Sá

Resumo


Este trabalho teve como objetivo fazer uma análise do papel da Multinacional Del Monte Fresh Produce na organização do espaço mundial e especificamente no Vale do Açu-RN onde a mesma tem uma unidade. Em um primeiro momento, se situou a Multinacional no contexto da sua atividade - a fruticultura e a bananicultura -, analisando o oligopólio altamente concentrado, característica desse ramo produtivo. Após isso, procurou-se observar e analisar a organização do espaço da Del Monte Fresh Produce no mundo, visando a identificar, dentre outras coisas, como e para quê se organiza sua política de aquisições e de diversificação e os impactos dessa política no Vale do Açu. O referencial que foi utilizado foi baseado na literatura acerca da globalização, multinacionais e sua organização do espaço. Milton Santos com a sua análise das verticalidades e horizontalidades foi um dos referenciais utilizados para observar essas relações. A pesquisa foi realizada com base em fontes documentais, livros, periódicos e entrevistas. Foi feita uma pesquisa em livros especializados na temática da globalização e das multinacionais do ramo de bananicultura. Além disso, foi realizado um levantamento na internet sobre o assunto em instituições como a Comissão Econômica para América Latina e o Caribe (CEPAL), Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), Organizações Não Governamentais (ONGs) e bancos de dados de várias universidades. Paralelo a isso foi realizada uma pesquisa de campo com entrevistas com a população que trabalhava na empresa e que morava no Vale do Açu, além de moradores do entorno da empresa.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJLATINDEX
ROADDRJI
PERIÓDICOS CAPES