ZONA RURAL DE OLINDA (PE): ASPECTOS DA ATIVIDADE AGROPECUÁRIA NO FINAL DO SÉCULO XX

Roberto Silva de Souza

Resumo


Este artigo não é, simplesmente, uma descrição acerca dos aspectos da atividade agropecuária na Zona Rural de Olinda (PE). Ele tem como objetivo refletir acerca dessa atividade, inserida nos limites de uma área cujo processo de produção do espaço envolveu agentes como agricultores, empresas, Poder Público local, etc. Recriada em 1983, por legislação municipal, a Zona Rural, ao mesmo tempo em que representava o desafio da manutenção de uma prática espacial ligada ao campo, em dois setores da cidade, objetivava, ecologicamente, conservar, aí, sua maior área verde, em detrimento da expansão física. Com o decorrer dos anos, um novo conteúdo vem sendo incorporado àquela antiga forma e os processos atuais, que promovem sua transformação, continuam atrelados à constituição da aglomeração metropolitana.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.