OS MOVIMENTOS SOCIAIS URBANOS E SUAS MANIFESTAÇÕES CONCRETAS NO BRASIL E NO RECIFE: SÍNTESE RETROSPECTIVA

Augusto Antonio Campelo Cabral, Alcindo José de Sá

Resumo


Este artigo apresenta uma síntese retrospectiva dos chamados movimentos sociais urbanos ocorridos no Brasil. Tem como objetivo principal mostrar de forma bastante resumida como se deu alguns momentos desses eventos na América Latina, particularmente, no Brasil e Recife, e sua importância para as classes menos favorecidas. Trata-se de uma revisão bibliográfica que toma por base as obras de Santos (1997); Andrade (1984); Ammann (1991); Castells (1983); Raffestin (1993); Evers et al. (1985); Moisés (1977, 1985); Gohn (1982, 1985, 2001); ETAPAS (1988, 1989); Cabral (2004); Leal (2003) e Santos (2008), entre outras. Procura-se estruturar em duas partes, a saber: na primeira parte, abordam as causas que levam a formação dos momentos sociais. Na segunda parte, são apresentados os movimentos sociais urbanos de caráter reivindicatórios ocorridos na América Latina, no Brasil e na cidade do Recife (alguns exemplos). As duas perspectivas exibem porque e como constituíram os movimentos sociais, particularmente, os de caráter urbanos reivindicatórios.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.51359/2238-6211.2009.228776

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

DOAJ
ROADDRJI

PERIÓDICOS CAPES

 

 

 

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.